Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​Regresso à normalidade

26 nov, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Passada a forte ebulição que varreu as duas competições europeias da UEFA, está de volta o nosso campeonato, agora para entrar no segundo terço, que a todos reserva certamente as maiores emoções.

E, como se não bastasse, o sorteio da Taça de Portugal juntou ontem ao farto calendário da Liga um clássico que vai dar origem a que um dos grandes salte fora da competição tão querida dos adeptos portugueses, logo à sua quinta eliminatória.

Percorrendo o bloco de notas, verificamos que em Dezembro o Benfica é o mais comprometido e sobrecarregado dos três: recebe o Sporting logo no dealbar do mês, e vai ao Dragão nas vésperas do Natal, estádio onde regressa quando o novo ano estiver a dar os primeiros passos.

E, se pelo meio, incluirmos os compromissos para a Liga dos Campeões, decisivos tanto para águias como para dragões, aí está uma preciosa ementa que aguça apetites fortes, e que muito poderá vir a contribuir para clarificar o caminho de todos na presente temporada.

De modo ainda não muito eriçado o campeonato regressa hoje após três semanas de interrupção, o que na verdade é obra.

Amanhã, a equipa de Jorge Jesus entra em ação defrontando o Belenenses SAD, agora sob o comando de um novo treinador, que promete fazer a vida difícil ao vizinho da Luz.

No domingo, para completar o quadro, o Sporting começa por receber o Tondela para, logo a seguir, o Futebol Clube do Porto acertar contas em Guimarães com um clube que costuma proporcionar-lhe fortes dores de cabeça.

Só uma semana depois, teremos então o primeiro grande clássico: no estádio da Luz, o Benfica receberá o Sporting, três dias antes de ambos cumprirem, em circunstâncias diferentes, a jornada final da Liga dos Campeões.

Os leões apenas para cumprir calendário, enquanto os encarnados com uma tarefa mais complicada.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.