Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Seleção de futebol com pena suspensa

15 nov, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


A Sérvia exibiu durante todo o desafio qualidade muito superior a Portugal, deixando sempre bem viva a ideia de que tinha capacidade para acabar vencendo.

Foi uma desilusão o jogo da seleção portuguesa frente à sua congénere da Sérvia no estádio da Luz, onde cerca de sessenta mil portugueses ocuparam os seus lugares convencidos de que iriam festejar o apuramento direto para o Campeonato do Mundo, a disputar no próximo ano no Qatar.

Bastava à nossa seleção um empate para garantir essa qualificação, e terá sido fixado nessa ideia de que o selecionador Fernando Santos escalou o onze nacional para o decisivo encontro do estádio da Luz.

Num pendor acentuado defensivo, que logo se tornou evidente quando, aos três minutos de jogo a equipa portuguesa inaugurou o marcador, essa estratégia ajudou a complicar e muito a ação dos nossos jogadores.

A Sérvia exibiu durante todo o desafio qualidade muito superior a Portugal, deixando sempre bem viva a ideia de que tinha capacidade para acabar vencendo, e colocar-se no primeiro lugar da classificação do Grupo em que ambos estavam incluídos.

O jogo a meio da semana, em Dublin, com a República da Irlanda, já deixara sérias preocupações quanto ao jogo deste domingo. Embora, aí, o resultado não tenha alterado as possibilidades de Fernando Santos, a péssima exibição produzida carregou ainda mais o negro que então já se divisava no horizonte português.

Agora, qualificado para o play-off final, a disputar em março próximo, em moldes completamente diferentes das anteriores edições, a nossa seleção dispõe ainda da possibilidade de participar no próximo Mundial. Resta aguardar pelo sorteio, que terá lugar em 26 deste mês de novembro, para então se poderem traçar perspetivas mais concretas.

E lamenta-se, mais uma vez, a oportunidade perdida.

Por culpa própria, e frente a uma seleção que foi superior durante quase todo o jogo, tanto no plano individual como coletivo.

Que a lição tenha sido aprendida e que daqui por quatro meses possamos garantir a continuidade, desde o ano dois mil, da presença do futebol português nos principais torneios internacionais, Campeonato do Mundo e Campeonato da Europa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.