Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

A Taça transbordou

18 out, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Três equipas do escalão principal do futebol português tombaram na terceira eliminatória.

Três equipas do escalão principal do futebol português tombaram na terceira eliminatória da Taça de Portugal: o Boavista foi eliminado pelo Rio Ave, o Marítimo saiu afastado pelo Varzim, enquanto o Arouca ficou pelo caminho mercê do melhor desempenho do Leça, cujo guarda-redes defendeu quatro grandes penalidades, facto que merece registo especial.

Porém, outras houve que, mesmo qualificadas, passaram por visíveis dificuldades.

Foram os casos do Portimonense, que só em penalties garantiu o apuramento, enquanto Moreirense, Belenenses Sad e Benfica foram sujeitos a prolongamentos que concluíram com sucesso garantindo assim o direito de continuar na segunda mais importante do nosso calendário futebolístico.

Deste modo ficaram trinta e duas equipas apuradas para a quarta eliminatória que vai ter lugar no próximo dia 21 de Novembro, sendo de salientar que nesse lote sobrevivem três clubes da terceira Liga, Torreense, Alverca e Caldas, e quatro representantes do campeonato de Portugal, Paredes, Leça, Serpa e Olhanense.

Dois factos merecem registo na eliminatória agora concluída.

Primeiro, o regresso de um derby que fez história no futebol português, com o Belenenses a receber o Sporting no belo estádio do Restelo, numa noite para recordações e memórias de tempos que não voltam. Em situações diferentes, os leões venceram o cotejo, mas os azuis contribuíram para um jogo agradável.

Depois, as dificuldades inesperadas do Benfica na sua deslocação à cidade da Trofa.

Os eleitos de Jorge Jesus foram mesmo submetidos a um prolongamento durante o qual passaram por grandes dificuldades. Garantiram a sua continuidade na Taça é certo, mas ficaram à vista carências de uma equipa de recurso que, no tocante a qualidade, fica a uma considerável distância daquela que é habitualmente titular no Benfica.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.