Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

A Taça desce ao povoado

15 out, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


É uma oportunidade para, em campos inabituais, ver em ação as camisolas mais apelativas do nosso meio desportivo, especialmente as do Sporting, Porto e Benfica. E, por isso, hoje e amanhã tê-los-emos em locais que habitualmente não frequentam.

Quando acontece uma jornada como aquela que vamos ter neste fim de semana é caso para dizer que temos festa na aldeia. A Taça de Portugal desce ao povoado, e vai encher de júbilo muitos milhares de adeptos espalhados pelos quatro cantos do país.

Como sempre, esta é uma oportunidade soberana para, em campos inabituais, ver em ação as camisolas mais apelativas do nosso meio desportivo, especialmente as do Sporting, FCPorto e SL Benfica. E, por isso, hoje e amanhã tê-los-emos em locais que habitualmente não frequentam.

Antes de todas, merece especial destaque a visita dos leões ao “velho” estádio do Restelo, onde os esperam o verdadeiro Belenenses.

Noutros tempos, eram históricos estes embates entre dois dos maiores clubes da capital.

Recorda-se até a última vez em que azuis e leões se defrontaram para a Taça de Portugal, uma final que o clube da Cruz de Cristo venceu sob o comando de Marinho Peres.

Presente em cinco finais, o Belenenses ganhou a Taça por três vezes, a última das quais na temporada de 1988/89. Agora, incluído no quarto escalão do futebol português, as possibilidades de causar surpresa são escassas, mas nem isso impede que hoje haja festa em Belém levada a cabo por uma grande falange de apoio, repartida pelos dois clubes.

A iniciar a tarde, o FC Porto defrontará o Sintrense. Não descurando o interesse do jogo, Sérgio Conceição vai tomar todas as medidas necessárias para não ser surpreendido.

Na Taça são suscetíveis surpresas e os dragões tudo vão fazer para que não lhe batam à porta.

O mesmo se passa com o Benfica que amanhã joga na cidade da Trofa, com uma equipa do segundo escalão, portanto mais capacitada para enfrentar o poderoso adversário.

Festejemos pois a Taça de Portugal e tudo aquilo que vai girar à sua volta, sem esquecer as demais dezenas de equipas que também vão tomar parte na grande romaria.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    15 out, 2021 Madeira 13:43
    Conversa da treta, porque os jornalistas e comentadores, querem sempre os grandes na final.