Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Uma semana a meio termo

01 out, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


A semana decorre por entre uma amálgama de sentimentos decorrentes das várias situações vividas em jogos internacionais.

Antes de mais, é justo lançar um olhar para a seleção portuguesa de futsal, que, na Letónia, está a acrescentar páginas brilhantes à sua história.

Com efeito, depois de um jogo emocionante em que foi possível vencer o Cazaquistão no desempate por grandes penalidades, ficamos agora à espera dessa inédita final na qual teremos como adversária a Argentina, no próximo domingo ao cair da tarde.

No desafio de ontem, tivemos todos a oportunidade de viver momentos empolgantes e de, mesmo de muito longe, incitar uma equipa que nunca se deu por vencida, nem mesmo quando o jogo não nos corria de feição.

No domingo, teremos certamente outra jornada empolgante, esperando-se que a seleção portuguesa seja capaz de inscrever pela primeira o seu nome na lista dos campeões mundiais.

Também na noite de ontem, o Sporting de Braga foi capaz de garantir a sua primeira vitória na fase de grupos da Liga Europa, onde é representante único do futebol português.

Não foi um jogo fácil frente a um adversário acessível, e só na segunda parte é que a formação de Carlos Carvalhal foi capaz de impor a melhor qualidade do seu futebol.

Depois desta vitória minhota registamos uma semana europeia a meio termo, ou seja, no conjunto de todas as participações ficámo-nos por duas vitória e duas derrotas, com dois desfechos particularmente impactantes.

A vitória do Benfica contra o Barcelona e a derrota escandalosa dos portistas frente ao poderoso Liverpool, tiveram especial impacto por essa Europa fora, onde as análises ficaram marcadas por matizes diferentes.

Depois de tudo isto, vamos regressar ao nosso campeonato para uma breve jornada e, a seguir, as seleções vão voltar ao trabalho, com a novidade de mais uma chamada-estreia de Fernando Santos. Matheus Nunes dará assim um passo em frente na sua carreira, depois de ter abdicado de uma possível na seleção brasileira, onde, certamente, se sentiria menos à vontade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.