Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Assalto ao castelo

24 set, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Na jornada do fim de semana, a sétima da I Liga, as luzes estão apontadas para Guimarães, cujo castelo o Benfica vai tentar assaltar com sucesso neste sábado à noite.

É verdade que a deslocação do Futebol Clube do Porto a Barcelos e a receção do Marítimo em Alvalade não devem ser colocadas num plano de subalternidade, porque nem o Gil Vicente nem os madeirenses entram em campo sob o signo da derrota.

Apesar dessa evidência, os holofotes apontam especialmente para o Estádio do Fundador.

Desde logo, porque o Benfica continua a contar por vitórias todos os jogos disputados a nível nacional, depois, também porque o Vitória ainda não conseguiu encontrar o seu verdadeiro caminho.

Encontra-se num modesto lugar a meio da tabela, mercê de sete escassos pontos conquistados, e estes em consequência de três empates e apenas um triunfo.

A este registo acrescenta-se também uma única vitória, obtida frente ao vizinho Vizela, logo à terceira jornada.

O histórico, que nunca entra na possibilidade de fazer bons ou maus resultados, faz pender o prato da balança para o lado da equipa lisboeta mas, mais do que isso, é à carreira da equipa de Jorge Jesus que devemos ater-nos, e essa não permite construir um palpite que extravase a possibilidade de excluir a conquista dos três pontos pela formação que comanda a tabela.

Importa, apesar de tudo, que tenhamos neste sábado, e como sempre, um embate marcado por uma disputa interessante, sem que a equipa de arbitragem se intrometa por forma a merecer comentários menos abonatórios, como infelizmente tem acontecido muitas vezes neste começo de temporada.

Quanto a Porto e Sporting são favoritos para logo à noite, se fizeram o seu trabalho com seriedade e muita competência.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    24 set, 2021 Madeira 13:07
    Como todos querem que os pequenos clubes percam, em especial o jornalismo português, fico por aqui...