Tempo
|
João Ferreira do Amaral
Opinião de João Ferreira do Amaral
A+ / A-

A difícil transição energética

24 set, 2021 • Opinião de João Ferreira do Amaral


É muito bonito fazer manifestações mais ou menos folclóricas sobre a necessidade de reduzir os efeitos da emissão excessiva de gases com efeito de estufa. Muito mais difícil é prosseguir o caminho da realidade.

Mesmo sem discutir as causas do aumento que se tem registado nos preços da energia eléctrica e do gás natural, é evidente que, pelo menos em parte, têm a ver com a necessidade da Humanidade efectuar uma transição energética rápida e profunda para energias limpas e renováveis.

E o que a situação presente ilustra é aquilo que já se sabia antes, ou seja, que essa transição não vai ser fácil.

É muito bonito fazer manifestações mais ou menos folclóricas e mais ou menos demagógicas convocadas por vedetas de um dia sobre a necessidade de reduzir os efeitos da emissão excessiva de gases com efeito de estufa. Muito mais difícil é prosseguir o caminho da realidade para conseguir efectivamente essa transição.

Esta tem que ser feita e por isso é necessário estarmos preparados para inevitáveis acidentes de percurso caracterizados por incapacidade da oferta satisfazer a procura, gerando aumentos de preços ainda que temporários. Essa preparação implica, entre outros o funcionamento dum sistema de vigilância por parte de autoridades nacionais e internacionais, dos diversos mercados envolvidos de modo a atalhar quando necessário veleidades especulativas. Mas não podemos pactuar com demagogias baratas.

Uma dessas posições demagógicas, que só é desculpável quando é tomada por um não economista é a que pretende que se podem substituir energias fósseis por outras fazendo descer o preço relativo das primeiras. Quem assim pensa, o que verdadeiramente está a dizer é que não há necessidade de proceder a uma transição energética. É sem dúvida legítimo (embora a meu ver errado) ter esta posição, mas o que não é legítimo é dizer ao mesmo tempo que se quer travar o aquecimento global.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.