Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
João Duque n´As Três da Manhã
Terças e quintas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Eleições vão condicionar medidas de controlo da pandemia

João Duque

"Eleições vão condicionar medidas de controlo da pandemia"

19 nov, 2021 • Olímpia Mairos


Comentador acredita que as medidas a anunciar pelo Governo para controlar a pandemia da Covid-19 vão ser geridas do ponto de vista político.

O comentador d’As Três da Manhã não tem dúvidas de que a proximidade das eleições vai condicionar as decisões a tomar pelo Governo para controlar a evolução da pandemia no nosso país.

Para João Duque, as eleições serão “um fator fundamental” e, como tal, “vai perturbar claramente a decisão política que vai ser tomada”.

Explica que “a própria evolução - que são as sondagens, vão seguramente perturbar aquilo que vão ser as decisões”. Por isso, João Duque antevê que as decisões a serem tomadas agora, irão ser retocadas no futuro.

“E isso vai ser resultado de uma evolução que vai ser gerida do ponto de vista político”, explica João Duque, porque “mais importante do que a pandemia controlada é o resultado eleitoral”.

O Governo vai ouvir esta tarde a opinião dos especialistas, numa reunião no Infarmed, e só depois tomará medidas para tentar travar os contágios de Covid-19 que estão em crescendo.

O comentador alerta que “evitar as consequências sanitárias tem um impacto dramático na economia” e defende que o Governo olhe “muito seriamente para novas métricas”, isto é, “mais para a morte e para os internamentos graves das pessoas e menos para o número de casos”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.