Histórias do Europeu
A Renascença conta-lhe as glórias e as desventuras dos Campeonatos da Europa de futebol, uma história que tem início em 1960 e que se estende até aos dias de hoje. E há de tudo: lendas, vitórias épicas, derrotas inesperadas, golos especiais e episódios memoráveis. “Histórias do Europeu” é um programa para ouvir de segunda a sexta, ao meio-dia e às oito da noite, na Renascença e, sempre que quiser, em podcast.
A+ / A-
Arquivo
Cristiano, os recordes e a correria pela eternidade : o episódio 15 do “Histórias do Europeu”

"Hist

Cristiano, os recordes e a correria pela eternidade : o episódio 15 do “Histórias do Europeu”

03 jun, 2024


Neste 15.º episódio do podcast, o jornalista Luís Aresta antecipa os recordes de Cristiano Ronaldo. A Renascença conta-lhe as glórias e as desventuras dos Campeonatos da Europa de futebol. De 1960 aos dias de hoje… há de tudo: lendas, vitórias épicas, derrotas inesperadas, golos especiais e episódios memoráveis!

No dia 18 de junho, quando Portugal se estrear frente à Chéquia em Leipzig, Cristiano terá 39 anos e 161 dias. Tornar-se-á no jogador mais velho a entrar em campo como capitão de equipa num Campeonato da Europa. Mas atenção que, se o quarentão Pepe jogar no Europeu e for capitão, o record passa a pertencer ao defesa central da seleção.

Se marcar no Europeu que aí vem, Ronaldo torna-se no jogador mais velho a fazer um golo numa fase final de um Euro. Vai superar o austríaco Ivica Vastic, que marcou de grande penalidade no empate frente à Polónia no Europeu de 2008. Esse mago da longevidade tinha então 38 anos e 257 dias de idade. Mas atenção, e outra vez, neste caso também temos de contar com a sombra de Pepe.

CR7 pode também vir a ser o mais velho melhor marcador de um Europeu. Platini marcou o último dos nove golos com que ajudou a França a conquistar o Euro84 aos 29 anos e seis dias.

A estes recordes, que já não eram poucos, Cristiano pode juntar outros dois se Portugal chegar à final de 14 de julho, em Berlim. Ronaldo jogaria com 39 anos e 161 dias e tornar-se-ia no capitão mais velho a disputar uma final. O atual recordista é o antigo guarda-redes alemão Jans Lehmann, derrotado pela Espanha em 2008. O gigante tinha quase 39 anos.

E se marcar na final Ronaldo será o mais velho a fazê-lo, superando o central italiano Leonardo Bonucci que, em 2021, marcou no jogo do título frente à Inglaterra, aos 34 anos e 71 dias, mas, cá está, temos Pepe sempre à espreita…

Pepe e Cristiano são casos raros de longevidade em Europeus de futebol. Veremos qual dos dois se superará a si próprio. Os holofotes estarão dirigidos para o capitão da seleção portuguesa, que se apresenta na Alemanha com 25 jogos e 14 golos em Europeus e, por isso, vários recordes por bater em fases finais de Campeonatos da Europa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.