Tempo
|
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Futebol. Os adeptos portugueses vão poder ouvir as explicações do árbitro?
Ouça o Explicador Renascença

Explicador Renascença

Futebol. Os adeptos portugueses vão poder ouvir as explicações do árbitro?

18 jan, 2024 • Anabela Góis


O Conselho de Arbitragem considera que a explicação das decisões tem um objetivo pedagógico.

O Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) recebeu autorização para explicar em tempo real decisões do árbitro com recurso ao videoárbitro (VAR).

O Explicador Renascença refere o que, na prática, isto quer dizer e o que os adeptos portugueses podem esperar.

Os adeptos vão poder ouvir o árbitro?

O árbitro vai poder explicar ao estádio - através de um sistema sonoro e quem assista pela televisão vai também poder ouvir - uma qualquer decisão que o árbitro tenha tomado depois de ouvir o VAR.

Por exemplo, um golo que tenha sido anulado por fora de jogo, porque um determinado jogador está adiantado. Ou a marcação de um penálti, porque um jogador fez falta sobre outro, o árbitro explica em que é que se baseou a decisão.

E com esta autorização, Portugal vai mesmo ser um dos primeiros países a avançarem para esta fase de testes ao novo sistema. O que ainda não é certo é quando é que se vai iniciar.

Vai ser como já acontece no râguebi?

Exatamente e, aliás, este sistema já foi testado no futebol pela FIFA em competições como o Mundial de Futebol Feminino do ano passado e no Mundial de Clubes.

Até aqui, só era permitido em competições organizadas pela FIFA.

Para que é que serve esta mudança?

O Conselho de Arbitragem considera que a explicação das decisões tem um objetivo pedagógico.

E defende que auxilia à total compreensão da função de arbitrar. E, de facto, é importante que os adeptos percebam as decisões.

As comunicações do VAR já são divulgadas?

Sim, mas isso é diferente. O que começou no passado mês de setembro é que o Conselho de Arbitragem divulga uma vez por mês - num programa televisivo - os áudios das conversas entre os árbitros de campo e o VAR - dos jogos da I Liga - em todos os lances avaliados no ecrã disponível no relvado.

Portanto, para além de não ser em tempo real o que está neste momento a ser divulgado é a conversa entre o árbitro e o VAR e não a explicação da decisão que toma depois de ouvir o videoárbitro.

A mudança já é oficial?

Já. A notícia começou por ser avançada por vários órgãos de Comunicação Social, mas, entretanto, foi confirmada – em comunicado – pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol.

O presidente José Fontanelas Gomes fala numa grande conquista da arbitragem portuguesa.

A imprensa dizia que Portugal foi escolhido para avançar com a mudança, porque foi um dos primeiros a manifestar interesse em testar a nova ferramenta e, também, porque também foi pioneiro a adotar o VAR como elemento de auxílio à equipa de arbitragem.

Já se sabe como é que vão ser feitos os testes?

O Conselho de Arbitragem quer que a fase de testes arranque “o mais rapidamente possível".

A medida vai ser aplicada nas competições onde o sistema VAR está implantado, designadamente as duas ligas profissionais, Liga BPI, Taça da Liga, Taça de Portugal, Supertaça e fase final da Liga 3.

Agora só falta que a Liga Portugal indique os estádios que reúnem condições

O que é que causou o incêndio que consumiu prédio em Valência?
Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?
Quem vai estar dispensado de preencher o IRS?
Por que é que o sarampo se está a propagar rapidamente?
Julian Assange vai ser extraditado para os EUA?
Protesto dos polícias no Capitólio foi autorizado?
Missão militar europeia no Mar Vermelho. Quais são os meios e os objetivos?
O que é que fez o endividamento das famílias quadruplicar desde 2015?
Morreu Alexei Navalny. O que se sabe até agora?
Julgamento de suspeito do rapto de Maddie McCann está relacionado com o caso?
Madeira. O que é que vai acontecer agora que os três detidos foram libertados?
Já é possível ter o cartão de cidadão e a carta de condução no telemóvel. Como é que funciona?
Vai ser possível consultar online as declarações de rendimentos e património dos políticos. Que plataforma é esta?
A Meta vai limitar o acesso a sugestões de conteúdo político nas redes sociais. O que é que isto significa?
Presencial, correspondência ou antecipado. Como votar nas eleições legislativas?
Por que é que as televisões recusaram debates com Nuno Melo a representar a AD?
Abandono escolar aumenta em Portugal. Porquê?
Por que é que há bancos a bloquear as contas dos clientes?
Baixas médicas e fim de grupo operacional. O que se passa na PSP?
A PSP está a investigar a própria PSP por suspeitas de fraude?
Quem é o pirata português procurado nos EUA?
Existe uma relação contratual entre um estafeta e a Uber Eats?
Dengue deixa Rio de Janeiro em estado de emergência. A culpa é do mosquito?
Os protestos dos polícias podem impedir as eleições legislativas?
O que sabemos da manifestação anti-Islão?
Cessar-fogo à vista. Aproxima-se o fim da guerra entre Israel e Hamas?
Agricultores protestam e cortam estradas em Portugal. Porquê?
Telecomunicações mais caras. Por que é que os preços voltam a aumentar?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.