Siga-nos no Whatsapp
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
JMJ. O que podemos esperar da visita do Papa Francisco em agosto?

Explicador Renascença

JMJ. O que podemos esperar da visita do Papa Francisco?

06 jun, 2023 • Anabela Góis


O programa foi anunciado esta terça-feira e a agenda é muito preenchida. Durante os cinco dias da visita, o Papa vai fazer oito discursos, duas homilias, duas orações e uma breve saudação. Terá também vários encontros com os jovens que participam na Jornada Mundial da Juventude.

Da Serafina a Fátima, passando por Cascais, o Papa estará em Portugal, em agosto, para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que vai decorrer entre os dias 1 e 6 e agosto de 2023.

Quantos dias é que o papa vai ficar em Portugal?

Vão ser 5 dias. O papa chega dia 2 de agosto, quarta-feira, às 10h00 e parte no domingo, dia 6, por volta das 18h00.

Durante esse período vai fazer oito discursos, duas homilias, duas orações e uma breve saudação.

Francisco vai estar em Lisboa, Cascais, Algés, e Fátima. E irá encontrar-se com os jovens que participam na Jornada Mundial da Juventude.

O que vai acontecer no primeiro dia da visita?

Nesse dia o Papa passa a manhã em Belém. Estará primeiro na Presidência da República, na cerimónia de boas-vindas, e depois no Centro Cultural de Belém onde se encontra com autoridades, representantes da sociedade civil e corpo diplomático.

Depois do almoço, na Nunciatura, onde vai ficar alojado, recebe o primeiro-ministro e à tarde vai ao Mosteiro dos Jerónimos para rezar com os bispos, padres e seminaristas.

Quando é que o Papa se vai encontrar com os jovens pela primeira vez?

Vai ser na quinta-feira, dia 3 de agosto.

De manhã o Papa reúne-se com estudantes na Universidade Católica e depois vai a Cascais para uma visita à delegação da 'Scholas Occurentes', uma iniciativa fundada por Francisco, quando era arcebispo de Buenos Aires, para apoiar jovens com dificuldades económicas e sociais.

Durante a tarde desse dia está previsto o primeiro grande banho de multidão, com o Papa a presidir à cerimónia de acolhimento aos participantes da Jornada Mundial da Juventude, no Parque Eduardo VII, em Lisboa, no que promete ser um dos grandes momentos desta Jornada.

No dia seguinte, sexta-feira, o Papa volta a estar com os jovens?

Sim. Os jovens são a grande razão da vinda do Papa a Portugal.

Na sexta de manhã Francisco vai confessar alguns jovens na Praça do Império, em Lisboa, depois segue para a Serafina, um bairro social, no coração de Lisboa, onde passa o resto da manhã.

Nesse bairro vai falar com representantes de instituições católicas que se dedicam ao trabalho social e caritativo.

Depois o Papa almoça com um grupo representativo dos vários continentes, na Nunciatura, e às 18h00 volta ao Parque Eduardo VII para a Via Sacra, outro dos momentos centrais da JMJ.

Há também um ponto, que apesar de não constar do Programa oficial hoje divulgado, promete ser muito marcante, o Papa vai encontrar-se com vítimas de abusos sexuais na Igreja em Portugal.

Os detalhes deste encontro não serão revelados para não expor as vítimas, segundo explicou o bispo auxiliar de Lisboa D. Américo Aguiar.

E no sábado, 5 de agosto, o que podemos esperar?

Sábado é o dia em que o Papa vai a Fátima. Será uma visita breve, de apenas duas horas, mas de grande significado.

Francisco escolheu rezar o terço com jovens doentes que, por isso mesmo, não podem estar em Lisboa na Jornada Mundial da Juventude.

Prevê-se, ainda, que Francisco faça uma oração especial na Capelinha das Aparições.

Ao final da tarde, cumpre outra tradição: o Papa - que é Jesuíta - encontra-se com a vasta comunidade de jesuítas portugueses. Por ser uma comunidade tão vasta, a opção foi fazer este encontro no Colégio de São João de Brito e não na Nunciatura como seria de prever.

Perto das 21h00 participa na Vigília com os jovens no Parque Tejo.

O que acontece no último dia do Papa em Portugal?

É o dia da missa de encerramento da JMJ presidida pelo Papa a partir das 9h00.

À tarde a última etapa desta visita acontece no passeio Marítimo de Algés: é o encontro com os milhares de voluntários que participaram na Jornada Mundial de Juventude.

Depois, às 18h15 de domingo, dia 6, o Papa parte de regresso ao Vaticano.

Pode consultar o programa completo do Papa aqui.

Papa vai à Serafina, o bairro onde “nem os polícias entravam”
Papa vai à Serafina, o bairro onde “nem os polícias entravam”
Por que é que os resultados dos rankings são todos diferentes?
O que se sabe sobre a nova estirpe da “varíola dos macacos”?
Portugal tem a população mais envelhecida da UE?
Portugal registou uma quebra de nascimentos no primeiro semestre do ano. Quais são os dados?
Quantos milionários há em Portugal?
O que prevê o novo acordo do Governo com os polícias?
Qual é o objetivo da cimeira da NATO?
Quem é que a PGR acusou de orquestrar uma campanha contra o Ministério Público?
Turismo. Quem escolhe Portugal para passar férias e quanto gastam os portugueses quando viajam?
Nova Frente Popular. O que é a união das esquerdas que venceu em França?
Ronaldo pode ser castigado por "marketing de emboscada". A culpa é do ritmo cardíaco
Eleições no Reino Unido. Os trabalhistas podem ganhar estas eleições?
O que é que Lucília Gago vai esclarecer no Parlamento?
Bolsas para alunos do ensino superior. Conheça as novidades
Por que é que continua a haver muitos votos desperdiçados?
200 mil utentes retirados da lista dos centros de saúde. O que se passa?
O Governo quer responsabilizar as administrações hospitalares pelas listas de espera de cirurgias. Como assim?
Os portugueses queixam-se de quê no livro de reclamações eletrónico?
Eleições em França. Como funciona a segunda volta?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.