Tempo
|
Economia das Coisas
O que não sabe, mas vai gostar de saber sobre Economia. Segundas-feiras às 9h40 e 17h40 (reposição)
A+ / A-
Arquivo
Economia das Coisas - Afinal, o que é a bitcoin? - 04/12/2017

Economia das Coisas

Afinal, o que é a bitcoin?

04 dez, 2017 • Paulo Ribeiro Pinto


O valor desta moeda digital disparou desde o início do ano e, em Novembro, ultrapassou os 10 mil dólares.

Há já quem compare esta corrida à moeda digital – ou melhor, criptomoeda para ser mais exacto – à febre do ouro nos Estados Unidos, em meados de 1800, quando milhares de pessoas se deslocaram para a Califórnia à procura de fortuna fácil.

Muitos alertam para uma bolha que depressa iria rebentar, à semelhança do que aconteceu com a crise das tulipas na Holanda, em 1630, ou com as empresas de tecnologia no início deste século.

Mas o que explica esta corrida e consequente aumento do valor desta moeda? João Castro, director do Centro Digital da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, aposta da lei da oferta, tal como acontece com a arte.

A bitcoin tem por base a tecnologia “blockchain”, em que os dados estão espalhados por todo o mundo de maneira descentralizada, impedindo que sejam adulterados e assim mantendo a confiança entre os utilizadores.

Não está associada à economia de um país ou controlada por qualquer organismo de supervisão, como o Banco Central Europeu ou a Reserva Federal norte-americana.

Nesta falta de regulação, muitos apontam para falhas que poderiam servir fins menos lícitos.

A forma de conseguir as criptomoedas é o chamado “mining”, em que os utilizadores são recompensados pela manutenção da rede, comprando a moeda ou recebendo o pagamento de alguma compra.

Mas a tecnologia ainda está no início, bem como as implicações para o sistema financeiro mundial.

Para críticas e sugestões pode enviar um email para paulo.pinto@rr.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio Oliveira
    04 dez, 2017 Guarda 11:22
    Afinal o que ´´e bitcoin? Explique lá melhor que não percebi. Como se compra, como se vende e como se fazem negócios.
  • fernando nogueira go
    04 dez, 2017 fundão 11:14
    Afinal o jornal também não sabe e se sabe não disse.
  • Rosa Mistica
    04 dez, 2017 w.w.w.mensajesdelbuenpastorenoc.org/ 11:01
    Meus filhos, a paz do Senhor esteja convosco, assim como a minha proteção maternal. Filhos, dois grandes acontecimentos marcarão o vosso destino futuro. Primeiro a queda da economia mundial em segundo o cisma, rebelião de alguns purpurados que dividirão a Igreja, fazendo tremer seus alicerces, porém jamais a derrubarão. As economias nacionais debilitar-se-ão paulatinamente assim como a estabilidade mundial. Esta instabilidade está planeada há muito, pelas elites para destabilizarem os mercados e darem inicio à era do Microchip. Um atentado, a um grande estadista será o detonante, que fará com que a economia mundial caia definitivamente. A humanidade ficará atónita ante este acontecimento, o mundo entrará em convulsão, as elites Iluminatis se aproveitarão deste nefasto facto, para derrubarem a economia mundial. Inicia-se o uso obrigatório do Microchip. Muitas nações cairão em bancarrota. Os grandes da Terra aproveitar-se-ão das nações pobres e submete-las-ão à escravatura. A banca mundial, dirigida pelas elites, será a primeira a declarar a quebra; todo está planeado para fazer crer a humanidade que a única maneira de sair da grande receção económica, será adotado um novo sistema que se manejará por créditos, (pontos) os quais só se outorgarão na proporção de cidadãos Chispados. Será a era do dinheiro de plástico cujo lastro é proporcional à população chipada. O papel moeda desaparecerá para sempre. Assim se cumpre as Palavras do Apocalipse: fará com que pequenos e grandes.
  • Eu aki
    04 dez, 2017 Em casa 10:14
    Uauhhhhh !!!!!! Mas que grande e empolgante explicação sobre o Bitcoin (O que é a bitcoin?). Até cago de rir !!!!!!
  • eduardo
    04 dez, 2017 coimbra 09:58
    O sr.descreveu parte de uma situação não explicou absolutamente nada a quem não sabe o que é aquilo.