Tempo
|
Euranet
Decidir Europa
Todas as semanas, um convidado especial fala sobre os grandes temas da Europa e do mundo no programa "Decidir Europa", com edição do jornalista José Bastos.
A+ / A-
Arquivo
José Martino e a agricultura
José Martino e a agricultura

DECIDIR EUROPA

José Martino e a agricultura

19 nov, 2021 • José Bastos


A pandemia constituiu uma crise sem precedentes e foram vários os setores que entraram em colapso, mas outros demonstraram a sua decisiva importância na vida coletiva. Foi caso da Saúde, mas também do agrícola, onde o sistema de alimentos e fornecimento funcionou bem. O engenheiro agrónomo analisa a inovação, o futuro, a transição digital e climática ou o mundo do trabalho, num setor que cada vez mais precisa de novos perfis de gestores, de técnicos e de profissionais qualificados na UE.

A pandemia constituiu uma crise sem precedentes e foram vários os setores que entraram em colapso, mas outros demonstraram a sua decisiva importância na vida coletiva.

Se ao setor da saúde todas as justas loas já foram tecidas, importa lembrar que na enorme disrupção à escala europeia e mundial não faltaram alimentos – o sistema de alimentos funcionou bem, mas a jusante a produção agrícola funcionou ainda melhor com a discrição de sempre, mas nunca falhando no essencial numa das mais básicas necessidades humanas, a alimentação.

Afinal, podemos deixar de fazer quase tudo, mas não podemos deixar de comer.

Mas será que a comunidade global reforçou a sua perceção da enorme resistência de um setor que não só enfrentou com sucesso a crise financeira de 2008, como em 2020 fez frente à pandemia?

No fim de contas a agricultura é um setor recatado, pouco debatido nas sociedades desenvolvidas quando os tópicos de análise são a inovação, o futuro, a transição digital e climática ou o mundo do trabalho, num setor que cada vez mais precisa de novos perfis de gestores, de técnicos e de profissionais qualificados.

Também parece ser verdade que as sociedades modernas não estão particularmente preocupadas com a agricultura, mas colocam no topo das suas prioridades, e bem, a alimentação, a saúde, as alterações climáticas no que, às vezes, conduz a opções contraditórias e potencialmente conflitivas.

É sobre estas dúvidas, perplexidades e desafios que nos vai conduzir o Engenheiro Agrónomo José Martino, gestor, consultor em territórios de baixa densidade, e uma das vozes com pensamento próprio no ecossistema agrário português.

Este conteúdo é feito no âmbito da parceria Renascença/Euranet Plus – Rede Europeia de Rádios. Veja todos os conteúdos Renascença/Euranet Plus

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.