Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Euranet
Compromisso Verde
“Compromisso Verde” é um podcast quinzenal, da autoria de Cristina Nascimento, sobre crescimento sustentável e transição energética. Da pandemia dos plásticos aos pecados da chamada moda rápida, cada episódio um tema. Uma nova edição disponível às quartas-feiras às 18h00. Esta é uma uma parceria Renascença/Euranet Plus.
A+ / A-
Arquivo
Luta pelo clima. Mulheres geram mais impacto, mas são mais penalizadas

Compromisso Verde

Luta pelo clima. Mulheres geram mais impacto, mas são mais penalizadas

23 nov, 2022 • Cristina Nascimento , João Campelo (sonorização)


Nações Unidas reconhecem que as alterações climáticas prejudicam sobretudo os mais vulneráveis. Recém-criado Movimento “Mulheres pelo Clima” diz que a difícil conciliação da vida familiar com a vida profissional e autolimitação imposta pelas mulheres são algumas das justificações.

As mulheres têm mais impacto na luta contra as alterações climáticas, mas são também as mais prejudicadas. É um alerta lançado plo movimento "Mulheres pelo Clima".

As Nações Unidas reconhecem que a atual crise ambiental prejudica sobretudo os mais vulneráveis e este foi um dos motivos que levou à criação deste movimento.

Entrevistada pela Renascença, a porta-voz Susana Viseu diz que o menor poder económico das mulheres, a difícil conciliação da vida familiar com a vida profissional e até uma autolimitação imposta plas mulheres são algumas das justificações para este fenómeno.

As questões de género e as alterações climáticas é o tema desta semana do podcast Compromisso Verde, uma parceria da Renascença e Euranet Plus.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.