Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​Erros em excesso

06 nov, 2017 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Uma situação nova nesta temporada tem a ver com o facto de o VAR se ter tornado o grande responsável por alguns dos erros registados.

Acabamos de viver a jornada mais errática do actual campeonato da primeira Liga, do qual apenas está cumprido o primeiro terço.

Com a introdução do VAR abriu-se este ano uma nova frente que, aliás, tem sido aproveitada para alguns desmandos provenientes, sobretudo, dos directores de comunicação dos três clubes grandes do futebol português, com ainda ontem, por exemplo, aconteceu. Houve erros a mais nos jogos disputados por Benfica, Sporting e Futebol Clube do Porto.

No entanto, também as nomeações de árbitros foram objecto de reclamação na noite de domingo. Por exemplo, não é fácil entender o critério dos nomeadores que decidem colocar o mesmo árbitro (Carlos Xistra) para os três desafios em que os minhotos defrontaram Benfica, FC Porto e Sporting.

Uma situação nova nesta temporada tem a ver com o facto de o VAR se ter tornado o grande responsável por alguns dos erros registados. Ou seja, os árbitros têm estado assim mais protegidos, com o novo instrumento a ver recair sobre si a maior responsabilidade.

No jogo do Dragão, ficaram por marcar dois castigos máximos a favor da equipa visitante, o Belenenses que, a serem assinalados, poderiam ter alterado o curso do desafio.

Em Alvalade, queixou-se o Sporting de Braga de lapsos tanto da autoria do VAR como do próprio juiz da partida. E, também neste caso, o desfecho do jogo e a distribuição de pontos, talvez pudesse ter sido diferente.

A paragem de duas semanas que se segue poderá vir a ser benéfica no sentido de ajudar a corrigir esta situação.

O silêncio que se segue deve por isso ser aproveitado para uma séria introspecção de todos os agentes que gravitam à volta do futebol, para que venhamos a ter mais tranquilidade nas jornadas que se seguem.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • manuel gomes
    06 nov, 2017 17:37
    Sr. Ribeiro cristovão, eu não vi dois penaltys, eu vi três o suficiente para o belenenses ganhar, sei que está com dor de cotovelo mas tome rennie que isso passa
  • JChato
    06 nov, 2017 13:00
    Sr. Ribeiro Cristóvão, NÃO VI (não me foi possível) o jogo do meu Belenenses no Dragão! Mas tenho visto outros jogos do meu Belenenses noutros jogos! Se, como diz (e o Jornal "O Jogo" afeto ao Porto como se sabe), na edição de ontem, reitera o mesmo que escreve ... ACREDITO que tal sucedeu! Como ia dizendo VI TODOS os anteriores jogos do meu Belém! E (vá lá saber-se a razão) em (quase) todos os VAR "fizeram vista grossa" a VÁRIOS (já me habituei) lances com prejuízo do meu Belém! Lembra-se, decerto da AGRESSÃO DO ELISEU que ... passou "impune"! FELIZMENTE, temos O MELHOR TREINADOR PORTUGUÊS DA ACTUALIDADE que lá vai "fazendo omeletes sem ovos"! Ganhar com equipas "recheadas de vedetas"? Ora ... que espanto! Olhe BEM, por favor, para os "dados" do Belenenses que "só quer assegurar a manutenção" e espero o seu comentário! No que me diz respeito a POUCA VERGONHA da verborreia entre os dirigentes do Porto, Sporting e Benfica ... "não me dizem nada"! JÁ METE NOJO! Obrigado!