Tempo
|
48k
Rubrica sobre tecnologia com a jornalista Cristina Nascimento para ouvir quarta-feira às 21h40 e sábado às 7h40.
A+ / A-
Arquivo
Cuide da sua saúde mental. Há uma app portuguesa que pode ajudar

48k

​Cuide da sua saúde mental. Há uma app portuguesa que pode ajudar

12 jan, 2022 • Cristina Nascimento , André Peralta (sonorização)


29kFJN é gratuita e tem validade científica. Foi lançada há menos de um ano pela Fundação José Neves.

Todos nós já passamos por alturas difíceis, mesmo aqueles que parecem ter uma vida perfeita. Aliás, com a pandemia tem saltado aos olhos de todos as questões da saúde mental.

Foi a pensar nesta área que a Fundação José Neves, o português da Farfetch, lançou em junho passado a aplicação 29kFJN. É uma app gratuita, totalmente em Português de Portugal e com validação científica, da Universidade do Minho e uma Universidade sueca.

E serve para quê? Para ajudar ao desenvolvimento pessoal e a fortalecer a saúde mental. Não substitui uma ida ao médico, se for necessário, mas pretende ser uma ferramenta de apoio para quem ou já está a receber assistência médica ou para quem começa a dar sinais de alguma instabilidade.

Na aplicação vai encontrar quase uma dezena de cursos, quase 20 meditações e 30 exercícios, sobre vários temas. Por exemplo, há cursos sobre “Stress e resiliência”, “Encontrar sentido das dificuldades” ou “Lidar com a ansiedade em momentos difíceis”, entre outros.

Os cursos duram entre três e sete semanas. Já as meditações, há umas de três minutos, a mais longa tem 17, mas em média duram cinco minutos.

A app tem um conjunto de embaixadores, como as apresentadoras de televisão Catarina Furtado ou Fátima Lopes, que fizeram estes cursos e ajudam quem também os quer fazer.

Desde o seu lançamento, a app conta com mais de 15 mil utilizadores ativos e a ideia é multiplicar este número várias vezes. Os responsáveis pela aplicação dizem ainda que estão a trabalhar em novos conteúdos para ir enriquecendo cada vez mais esta ferramenta.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.