Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Meditando, 6 de dezembro

6 de dezembro de 2015 • P. Carlos Paes


Abrir caminho à Palavra na História e no Coração dos homens!

Meditando 6 de dezembro
Meditando 6 de dezembro

Muitas vezes a Palavra de Deus está bloqueada e irreconhecível na história e no coração dos homens. Ela que é uma palavra pessoal e comunitária, íntima e luminosa, libertadora e regeneradora, que mergulha na nossa vida com a força duma semente que por si só é capaz de quebrar a dureza dos corações e a resistência da história.

Mas nós, seduzidos pelo canto das ideologias, arrastados por discursos utópicos, iludidos retóricas promissórias mas ocas, nem damos conta da presença daquela Palavra que é a única conquistar-nos pela beleza da sua verdade, pela coerência do seu sentido, pela revelação do seu projecto, pela força agregadora do Espírito, que nos mobiliza e contagia, atraindo-nos para o serviço dum novo ciclo histórico: aquele que Jesus veio concretizar como o anúncio dum Reino novo, onde já não é possível voltar atrás porque foi selado com o seu sangue numa aliança eterna onde o Amor é a lei, a Paz é o clima, o Perdão é a regra, a Justiça é a normalidade, a solidariedade é o estilo, e onde, por fim Deus é reconhecido como Misericórdia e Missão, Jesus é o primeiro Amigo de todos e o Espírito é a energia dos corações e o motor da história!



Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.