Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Apoio Renascença

Hauser, um dos mais irreverentes violoncelistas do mundo

Marina Duarte


Um espetáculo que alia a música clássica, à pop e ao rock para ver com a Renascença, na Altice Arena.

Hauser em Portugal com a Renascença
Hauser em Portugal com a Renascença

Hauser, a megaestrela do violoncelo, traz a Portugal um espetáculo imperdível que alia a música clássica, à pop e ao rock.

A sua primeira digressão a solo, “Rebel with a Cello”, passa por Portugal a 12 de outubro de 2023 e antecipa-se um espetáculo inovador, irreverente e inesperado.

A sua versão do tema “Smoth Criminal” de Michael Jackson tornou-o um fenómeno na internet e um dos membros fundadores da dupla de sucesso 2Cellos. “Nestes últimos anos conquistou o coração de milhões de pessoas em todo o mundo e catapultou o seu nome para aquele estrito leque dos mais arrojados instrumentistas deste século. Para esta fama muito se deve o seu estilo único também ao vivo, em apresentações verdadeiramente eletrizantes.”

De origem croata, Hauser já atuou um pouco por todo o mundo e teve, inclusive, a oportunidade de tocar para o Papa Francisco, para a Rainha Isabel II e para o então Príncipe Carlos. Para além disso, já colaborou com nomes como Andrea Bocelli, Red Hot Chili Peppers, George Michael, ou Steven Tyler (Aerosmith).

Com milhões de seguidores nas redes sociais e biliões de visualizações nos seus vídeos e de audições nas plataformas de streaming, Hauser acumula também dezenas de prémios pelo seu trabalho.
12 de outubro de 2023 vai poder testemunhar o talento do músico croata no nosso país. Um concerto com apoio Renascença para ver na Altice Arena, Lisboa. Pode comprar os seus bilhetes a partir de 30 de setembro.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.