Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Renascença Ouve +
Porta Aberta
A+ / A-

Tenente Exército (Reg. Comandos)

Porta Aberta para Paulo Sabino

11/09/2022 • Dina Isabel


O tenente Paulo Sabino tem 27 anos, é natural de Portimão e pertence ao Regimento de Comandos. Fez parte do contingente português em missão na República Centro-Africana, em 2021, onde esteve durante 7 meses. Desde muito novo, no seu dia-a-dia, os valores e a formação cristã fazem parte da sua vida. E também agora, enquanto militar, dá o seu testemunho e partilha como, mesmo num cenário de conflito, encontra Deus.

Porta Aberta para Paulo Sabino

Paulo Sabino é algarvio, nascido e criado em Portimão, a sua cidade, que recorda com saudade, agora que já passam dez anos desde que deixou de viver aí no seu dia-a-dia.

Escolheu a carreira militar, uma opção que a família aceitou com entusiasmo, mas também com apreensão; particularmente, da sua mãe.

Seguiu a sua formação na Academia Militar e acabaria por escolher os Comandos. Um grande desafio que conseguiu superar e que lhe abriu as portas para participar em missões no estrangeiro, um dos seus grandes objetivos.

“Servir” é um lema que se cruza na vida do tenente Paulo Sabino, tanto na sua carreira militar, como na sua formação católica. Frequentou a catequese, as aulas de Educação Moral e Religiosa Católica, foi escuteiro do CNE (Corpo Nacional de Escutas) e pertenceu ao grupo de jovens na sua paróquia.

Oiça esta edição do Porta Aberta nesta página e aproveite ainda para subscrever o podcast deste e de outros programas da Renascença AQUI.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.