Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Apoio Renascença

Um prémio para jovens jornalistas


É a primeira edição do Prémio Jornalismo Jovem Renascença / SCML e as candidaturas já estão abertas. A caminho da Jornada Mundial da Juventude, a Renascença, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, lança um novo prémio de jornalismo para jovens. “Os problemas, desafios e oportunidades das novas gerações” é o tema para os trabalhos. Podem candidatar-se jovens jornalistas até aos 35 anos.

O prémio, lançado pela Renascença e pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa em maio de 2022, pretende trazer à reflexão de toda a sociedade as dificuldades e as perspectivas de futuro que se colocam às gerações mais novas. O concurso destina-se a jornalistas até aos 35 anos e a temática dos trabalhos deve incidir precisamente sobre os problemas, desafios e oportunidades que os jovens enfrentam nos dias de hoje.

Consulte aqui o regulamento.

Os trabalhos a concurso têm que ter sido publicados entre 01 de setembro de 2021 e 01 de setembro de 2022. O prazo limite para apresentação dos trabalhos é até 15 de setembro de 2022.


O prémio tem quatro categorias a concurso e na sua totalidade um valor de € 8.500:

- Prémio Rádio, no valor de € 2.500;

- Prémio Multimédia, no valor de € 2.500;

- Grande Prémio Jornalismo Jovem Renascença / Santa Casa da Misericórdia de Lisboa com o valor de € 1.000

- Grande Prémio Renascença. Esta quarta categoria, no valor de €2.500, é dedicada apenas a jornalistas da Renascença.


Sendo a Renascença uma das entidades promotoras do concurso, por uma questão de transparência, os seus jornalistas têm uma categoria própria a que podem concorrer.

Ao Grande Prémio Jornalismo Jovem Renascença / Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, aberto a todos os outros, com o valor de € 1.000, acrescem os € 2.500 do Prémio Rádio ou Multimédia. O total do Grande Prémio Jornalismo Jovem Renascença / Santa Casa da Misericórdia de Lisboa é assim de € 3.500.

O júri deste Prémio será composto por um representante da Renascença, outro da SCML e por prestigiados professores dos principais cursos superiores de Jornalismo portugueses.

O prémio foi anunciado no programa da manhã da Renascença, “As três da Manhã” que teve como convidados o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Edmundo Martinho, e o Presidente do Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia e Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Américo Aguiar. Reveja aqui esse momento:

Uma parceria para refletir sobre os problemas, desafios e oportunidades que os jovens enfrentam
Uma parceria para refletir sobre os problemas, desafios e oportunidades que os jovens enfrentam

Sobre o prémio anunciado, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa sublinha a importância de reconhecer o trabalho dos jornalistas mais novos: “Aceitámos de imediato este projeto de premiar trabalhos de jornalistas jovens, pois sabemos das dificuldades em que muitas vezes exercem a sua profissão, porque é conhecida a forma como hoje a pressão é imensa. E, nos mais jovens, essa pressão acentua-se e em muitas circunstâncias acaba por ser muito pouco estimulante para a atividade. Portanto, este é um contributo modesto que queremos dar”, explicou Edmundo Martinho.

Já D. Américo Aguiar, coordenador da Jornada Mundial da Juventude, que se realiza em Lisboa no próximo ano, referiu que vão ser avaliados trabalhos sobre os desafios e dificuldades dos jovens: “Nestes últimos dois anos há jovens que não deixaram de viver apenas em situações de limite, seja pela questão económica passada, seja pela pandemia que vivemos, e como o Papa Francisco repete tantas vezes, ele quer que os jovens nunca deixem de ser sonhadores. Eu acredito que muito jovem têm tido dificuldades em permitir-se sonhar. Por isso, é muito importante nós fazermos o levantamento, fazermos o estado da nação, daquilo que possam ser os principais problemas e dificuldades.”

Tendo como pano de fundo as Jornadas Mundiais da Juventude em 2023, a Renascença e a Santa Casa da Misericórdia (SCML) estabeleceram uma parceria para refletir sobre os problemas da juventude. Uma parceria que além do lançamento do Grande Prémio do Jornalismo Jovem prevê também a realização de uma grande conferência dedicada à juventude.

O lançamento do prémio enquadra-se ainda no aniversário da Renascença. Em 2022 a Renascença celebra 85 anos da sua fundação, 50 anos da criação dos “serviços noticiosos”, 25 anos da criação do site – www.rr.pt e 15 anos da criação da área multimédia.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.