Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Apoio Renascença

Está de regresso a campanha de recolha de alimentos do Banco Alimentar


Vão ser 20 mil voluntários, em 1200 lojas por todo o país, prontos para recolher o seu donativo de alimentos.

Dias 27 e 28 de novembro, está de regresso a campanha de recolha de alimentos promovida pelos Bancos Alimentares Contra a Fome.

Depois de uma pausa nas recolhas presenciais nos supermercados, neste fim-de-semana vai voltar a encontrar os voluntários do Banco Alimentar num supermercado perto de si.

Vão ser 20 mil voluntários, em 1200 lojas por todo o país, prontos para recolher o seu donativo de alimentos, para ajudar a colmatar as carências de muitas famílias e tentar minimizar o impacto que a pandemia teve à mesa de muitos portugueses.

É com muita alegria que anunciamos o regresso das equipas de voluntários ao terreno em mais uma Campanha de Recolha de alimentos dos Bancos Alimentares. Eles são, sem dúvida, a imagem e o corpo desta iniciativa que propõe, desde há 30 anos, a partilha com as famílias que precisam de apoio alimentar. Os voluntários estarão presentes para receber as doações de alimentos e prestar informação sobre a campanha Ajuda Vale” afirma Isabel Jonet, Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome.

Já sabe que participar na campanha é simples: basta aceitar um saco do Banco Alimentar e, nele, colocar bens alimentares – de preferência produtos não perecíveis (como leite, conservas, azeite, açúcar, farinha, massas, etc.) entregando-o aos voluntários à saída.

Os produtos doados serão encaminhados para os armazéns dos 21 Bancos Alimentares em atividade na região onde são doados, e aí pesados, separados e acondicionados. No final, e ainda com recurso ao voluntariado, o resultado é distribuído localmente a pessoas com carências alimentares.

Depois do dia 28 de novembro vai ser possível continuar a ajudar, até 5 de dezembro, através dos vales online em www.alimentestaideia.pt.

Esta é uma campanha que a Renascença se orgulha de apoiar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.