Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

João Sem Terra

Carlos Bastos


São 12 meses, 52 semanas, 365 dias (mais um de bónus a cada 4 anos), com milhões de factos estapafúrdios sem efeitos secundários para o seu cérebro. Bem, em princípio. Clique. Coragem, vá lá, clique. Afinal é só Um Dia na História. Não pode fazer mal, pois não?

João Sem Terra
João Sem Terra

Há muitos anos que a identidade de Robin dos Bosques suscita inúmeras discussões.

Não é tanto a questão de saber se existiu, mas sim em quem a personagem terá sido inspirada.

Vários documentos apontam para diferentes homens em diferentes períodos durante a Idade Média.

Portanto, não existiu só um Robin, existiram vários.

Havia um Robin de Loxley que apareceu em 1245 nos registos do tribunal. Um Robin Hood de York que foi declarado um fora-da-lei em 1226. Um Robin Hood de Wakefield, do século XIV, e até mesmo um “Robin Godbeard” em 1260, mas nunca ficou provado definitivamente que este era fora da lei.

Enfim, Robins houve muitos, mas só houve um rei João Sem Terra!

Falamos dele nesta edição de Um Dia na História.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.