Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Apoio Renascença

Marque já a sua mesa: as conversas na Bolsa estão de volta ao Palácio


Nesta edição a convidada é a Cientista e Professora Catedrática Elvira Fortunato, Vice-Reitora da Universidade NOVA de Lisboa, especialista em Microelectrónica e Optoelectrónica e vencedora do Prémio Pessoa 2020.

O Palácio da Bolsa, no Porto, é o cenário perfeito para grandes debates e convidados de excelência com as suas “Conversas na Bolsa”.

A Renascença e a Associação Comercial do Porto convidam-no a ouvir figuras de relevo do mundo empresarial, político, académico e cultural português falar sobre as grandes questões da atualidade.

Esta 4ª feira, às 12h30, o convite era para reservar a sua hora de almoço para ouvir a Cientista e Professora catedrática Elvira Fortunato.

Saiba mais sobre esta edição das “Conversas na Bolsa” AQUI.

As Conversas na Bolsa são uma iniciativa da Associação Comercial do Porto com o apoio da Renascença.

Informações:

“Conversas na Bolsa” edição de 22 de Setembro, às 12h30, no Palácio da Bolsa, Porto

Condições de participação:

– Sócios: gratuito
– Convidados de sócios: 25,00 euros/pax
– Não sócios: 35,00 euros/pax

Pode-se inscrever aqui ou confirmar a presença através do telefone 223 399 050 ou ainda pelo endereço electrónico eventos@cciporto.pt

Nota: De forma a agilizar o processo de admissão no dia do evento, será necessário o envio antecipado de um certificado Covid-19 válido.

Já sabe, podia assistir a este almoço-conferência no Palácio da Bolsa com a presença da Professora Elvira Fortunato. Se não puder participar, não perca a repetição dos melhores momentos depois das 23h00 na Edição da Noite da Renascença.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.