Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Segunda-feira, 26 de julho de 2021

Elisabete Costa


Boa Noite - 26/07/2021
Boa Noite - 26/07/2021


Hoje é dia de São Joaquim e Santa Ana.

A tradição da Igreja ensina-nos que eles foram os pais de Maria, logo avós de Jesus.

Por isso, há algum tempo que este dia é especialmente dedicado precisamente aos avós.

Mas, em janeiro deste ano o Papa resolveu transformar oficialmente a festa litúrgica de São Joaquim e Santa Ana, no dia dos Avós e dos Idosos.

Francisco explicou porque é que é importante celebrar os que já viveram muitos anos. A este propósito o Santo Padre afirmou:

“Eles recordam-nos que a velhice é um presente e que os avós são o elo entre as diferentes gerações, para transmitir aos jovens a experiência da vida e da fé.”

Uma mensagem difícil de passar num tempo em que apenas a juventude é valorizada e os mais velhos são tratados como um peso e não como uma mais valia.

Assim, serve este dia para valorizar quem tem muito para nos ensinar ainda e sempre. O mundo seria um lugar seguramente muito menos rico se não contasse com o contributo de todas as gerações, incluindo os mais idosos.

Neste dia que é deles, o 1º Dia Mundial dos Avós e Idosos, rezemos por todos os que com netos, ou sem eles, precisam de ser valorizados e acarinhados.

Ainda vai a tempo de mostrar ao seu pai, avô, vizinho ou amigo mais velho que sem ele a sua vida seria muito, mas mesmo muito mais vazia e sem sentido.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.