Tempo
|

Renascença Ouve +
Porta Aberta
A+ / A-

'Onde haja tristeza, que eu leve a alegria', Francisco de Assis

Porta Aberta para o Capelão do IPO de Lisboa


O Pe. Langane assume todos os dias o desafio que abraçou S. Francisco de Assis

Porta Aberta - Pe. Manuel Custódio Langane
Porta Aberta - Pe. Manuel Custódio Langane

Aos Domingos, entre as 10h e as 11h da manhã, a Renascença tem a Porta Aberta para homens e mulheres com histórias únicas, que a vida levou por caminhos diferentes… Amigos de Deus!

O Pe. Custódio Langane nasceu em Angola, ficou órfão quando tinha 2 anos, trabalhou de alma e coração numa Casa do Gaiato de Moçambique onde conheceu meninos que um sacerdote português, o Pe. Zé Maria, tinha ido buscar à lixeira.

Hoje, depois dum percurso diversificado no nosso país, o Pe. Langane é Capelão do IPO de Lisboa. O primeiro departamento que visitou no IPO, ao assumir esta missão, foi a secção de Pediatria; entrou com um certo receio, quase a medo, mas percebeu que era ali o seu lugar porque foi com estas palavras que uma criança o saudou: ‘Ai que sorriso tão bonito!’ Para o Pe. Langane, o IPO é seguramente uma casa de sofrimento, mas onde testemunha todos os dias muito amor. É por isso um lugar habitado por Deus – um lugar onde se criam laços, onde é possível crescer na fé e na esperança.

Oiça esta edição do Porta Aberta nesta página e aproveite ainda para subscrever o podcast deste e de outros programas da Renascença AQUI.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.