Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Quinta-feira, 30 de julho de 2020

Isabel Figueiredo


Bom Dia - 30/07/2020
Bom Dia - 30/07/2020

Bom dia. Quase acabada de nascer, as pernas encolhidas e os bracinhos cruzados, era a prova viva do milagre que acontece sempre que um bebé nasce. E quando lhe pegou ao colo, vieram todas as memórias dos filhos, sobrinhos e netos, também eles tão pequenos, aparentemente frágeis mas tão resistentes, tão capazes de viver e de crescer. Cada criança que nasce, ajuda-nos a acreditar que é possível fazer mais e melhor neste mundo que é nosso.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.