Renascença Ouve +
A+ / A-
Apoio Renascença

Participe no "Barómetro da Esperança"


Como anda a esperança dos portugueses? O que pode ser melhorado? O que acreditam que merece um investimento mais urgente? Dâ a sua opinião. Participe neste estudo.

O que lhe dá Esperança para o ano 2020?

Quais foram as suas melhores experiências em 2019?

Está feliz com a sua vida e com as relações que estabelece com os outros no seu dia-a-dia?

Estas são algumas das perguntas por detrás de um estudo desenvolvido em Portugal até ao final do mês de Novembro e que conta com o apoio da Renascença.

Queremos saber como anda a esperança dos portugueses, o que pode ser melhorado e o que acreditam que merece um investimento mais urgente.

Este estudo, levado a cabo pela Cátedra UNESCO em Educação para a Paz Global Sustentável da Universidade de Lisboa, o Centro de Administração e Políticas Publicas (CAPP) e a Unidade de Missão do Bem-estar (ISCSP-Wellbeing), ambos do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da mesma Universidade, conta com a coordenação da Professora Helena Águeda Marujo.

Para saber como anda a nossa esperança e a nossa felicidade em Portugal, a opinião dos portugueses é essencial.

Participe neste estudo e responda a algumas perguntas. Alguns minutos são suficientes para responder e fazer parte desta análise à esperança dos portugueses.

Pode responder a este questionário aqui: https://ww3.umfragecenter.de/uc/UniStGallen/a4ff/

Aproveite também para partilhar o link com amigos e familiares nas suas redes sociais e ajudar a traçar a pegada da esperança dos Portugueses. Os resultados deste estudo serão conhecidos no final de dezembro.

Esta investigação faz parte de uma iniciativa internacional, que o ano passado envolveu mais de 23.000 respondentes em vários países e continentes.

Os dados recolhidos serão tratados de forma totalmente anónima e usados apenas para fins científicos.

Para que a ciência nos ajude a compreender melhor o mundo e a viver vidas com mais qualidade, a sua participação é essencial.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.