|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Domingo, 03 de novembro de 2019

Isabel Figueiredo


Bom Dia - 03/11/2019
Bom Dia - 03/11/2019

Bom dia. Perdoar sempre. Para muitos são palavras sem sentido. Para outros, palavras difíceis de ouvir e de dizer. Mas o Papa Francisco pede-nos mudanças de comportamentos e ajuda-nos a ver melhor: “O perdão das ofensas torna-se a expressão mais evidente do amor misericordioso e, para nós cristãos, é um imperativo de que não podemos prescindir. Como parece difícil, tantas vezes, perdoar!” O perdão é sempre libertador.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.