Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Programa Arredondamento: no arredondar é que está o ganho


Conheça uma forma diferente, simples e eficaz de poupar o seu dinheiro

Banco Explica - 31 OUT - arredondamento
Banco Explica - 31 OUT - arredondamento

Programas de Arredondamento: O que são e como funcionam?

São programas, disponíveis em alguns bancos, que permitem poupar de forma automática e consentida, mas quase sem se dar por isso.

Ao aderir a um programa de arredondamento o cliente decide que o valor de todas as compras feitas com um determinado cartão é sempre arredondado, e a diferença vai automaticamente para uma poupança.

Há regras para o arredondamento?

Cada programa de arredondamento é diferente de banco para banco. Mas regra geral, é possível arredondar para a unidade superior. Gastei 17,30 e arredondo para 18, poupei 70 cêntimos. Mas também é possível arredondar para múltiplos de euro seguinte. Por exemplo, se arredondar para múltiplos de 5, então os 17,30€ seriam arredondados para 20€. E há bancos que têm até fórmulas de arredondamento mais complexas. Cada caso é um caso.

O que é preciso para aderir a um programa de arredondamento?

Partindo do pressuposto que o banco tem um programa deste tipo, basta pedir para aderir e associar um cartão. No momento da adesão escolhe todas as regras: até quando é que o programa fica ativo, quanto quer transferir, se tem máximos por semana ou não…

Estas regras normalmente também podem ser mudadas em qualquer altura pelo cliente.

Depois da adesão, sempre que usar o cartão, estou a poupar?

Sim. E de uma forma leve e automática. Seja nas compras, pagamentos de serviços ou outras operações. E depois pode ver, com detalhe, todos esses movimentos no extrato mensal.

Esse dinheiro que é ‘arredondado’ é transferido para onde?

Regra geral vai sempre para uma conta poupança do próprio titular do cartão. Mas também pode ir para a conta poupança de um menor, seja um familiar ou amigo. O melhor é mesmo perguntar num dos Bancos que têm disponível programa de arredondamento. O Banco Montepio é um deles.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.