Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​A grande festa do futebol

24 mai, 2019 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Futebol Clube do Porto e Sporting Clube de Portugal serão os grandes intérpretes desse momento, depois de uma caminhada de meses.

O futebol português fecha as portas neste sábado com a realização da final da Taça de Portugal no cenário de sempre, o velho estádio nacional no imenso Vale do Jamor.

Futebol Clube do Porto e Sporting Clube de Portugal serão os grandes intérpretes desses momentos, depois de uma caminhada de meses e após terem conseguido transpor todos os obstáculos que foram colocados nos seus caminhos.

Vencedor um, da Supertaça, logo no dealbar da temporada, o outro a meio da época, numa disputa alargada às quatro melhores equipas portuguesas, que lhe permitiu regressar de Braga com a agora mais cobiçada Taça da Liga.

Juntando-se a este dueto o Benfica, que ganhou o campeonato nacional, estão encontrados os grandes triunfadores do ano futebolístico. Isto equivale por dizer, que somando dois títulos, dragões ou leões vão transformar-se no mais ganhador da época.

Adiantar previsões nesta altura é um risco. Sporting e Porto já se encontraram por três vezes em dez meses, e mesmo sendo os leões detentores do melhor saldo, há que considerar que o jogo de amanhã é diferente de todos os outros, sendo por isso conveniente aguardar pela noite deste sábado.

De um lado e de outro há argumentos para poder erguer a Taça numa tribuna povoada, como sempre, pelas mais altas esferas do futebol português, e não só. Porque este é também o tempo dos penduras, que apenas vão ao futebol para se mostrar e não para apreciar a qualidade do jogo.

O FC Porto vem de um passado mais prestigiado, enquanto o Sporting conclui amanhã a longa e difícil caminhada julgada impossível no começo do mês de agosto. Felizmente esses tempos leoninos estão ultrapassados, e nem mesmo os esforços de alguns renegados serão capazes de os recuperar.

Que haja festa. Que o desfecho seja justo. Que haja uma boa arbitragem. E que tudo termine por forma a que possamos dizer que se fechou a época com chave de ouro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.