Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

A conta-gotas

16 mai, 2019 • Opinião de Ribeiro Cristovão


A nação benfiquista suspira pelo momento de poder iniciar a festa.

Em claro contraste com práticas de um passado distante, a derradeira jornada do campeonato da primeira Liga começa a disputar-se esta tarde/noite com a realização do encontro Belenenses-Nacional da Madeira e prolonga-se até domingo, dia em o calendário nos sugere dois desafios interessantes, o Tondela-Desportivo de Chaves e o Moreirense-Vitória de Guimarães.

Nestes quatro dias de competição, o foco aponta com toda a naturalidade e especialmente para sábado e domingo.

No primeiro destes dias decidir-se-à quem passa a ostentar o título de campeão nacional, enquanto no domingo ficará esclarecida de vez a questão do quinto lugar e, também relevante, a despromoção da terceira equipa que se juntará ao Feirense e Nacional.

No primeiro aspecto surgem como protagonistas os vizinhos e rivais de Moreira de Cónegos e de Guimarães. Vencedores na primeira volta por 1-0, os vimaranenses têm porém de superar a desvantagem de três pontos com que vão entrar no estádio da freguesia ali ao seu lado.

Já no que toca à descida de divisão, com o mesmo número de pontos, 32, os beirões podem jogar com a vantagem de servirem de anfitriões, sem esquecer que na primeira volta saíram derrotados de Trás-os-Montes pela diferença mínima, 2-1.

No meio de tudo isto, a fatia mais importante do bolo vai ser cortada no sábado.

À mesma hora, 18h30, Benfica e Futebol Clube do Porto estarão ambos com ouvidos à escuta para saberem, ao minuto, o que se vai passar na Luz e no Dragão.

Claro que os encarnados partem na dianteira, e sobretudo muito motivados pela ideia da “reconquista”, também à espera que no clássico do Norte nem tudo corra bem aos comandados de Sérgio Conceição.

A viver já momentos de extraordinária euforia e olhando para o título ali à mão, a nação benfiquista suspira pelo momento de poder iniciar a festa, sem atender às precauções recomendadas para momentos como estes, e esquecendo exemplos que em tempos não muito distantes já lhes bateram à porta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.