Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​Pede-se bom senso

14 mai, 2019 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Com o campeonato da primeira Liga a aproximar-se do fim, ganha especial acuidade tudo quanto tem a ver com a arbitragem.

A discussão sobre tudo quanto se passou na jornada anterior, especialmente no decorrer do jogo entre o Rio Ave e o Benfica, continua viva, excessivamente viva, pelo que se recomenda bom senso relativamente às próximas nomeações que, segundo hábito recente, deverão estar por horas.

À volta das acuações de Hugo Miguel e Luis Godinho, pelos vistos as figuras mais em destaque no jogo e pós-jogo, têm-se escutado as mais desbragadas opiniões.

É verdade que ambos estiveram mal no jogo que os benfiquistas acabaram por ganhar, mas a responsabilidade maior quanto aos erros já longamente dissecados não pode deixar de ser atribuída àquele que esteve à frente do VAR, que, em últimas instância, deveria ter evitado alguns deslizes protagonizados pelo chefe de equipa no estádio dos Arcos.

Segue-se a jornada final e decisiva com três polos de particular interesse no próximo fim desemana: FC Porto-Sporting, Benfica-Santa Clara e Tondela-Desportivo de Chaves.

Por isso, mais do que nunca, devem os dirigentes do Conselho de Arbitragem ter em conta a necessidade de escolher os árbitros de qualidade, responsáveis sem tibiezes mas com certezas, e que a estrutura reconheça o melhor percurso feito até aqui.

Ficamos expectantes recusando surpresas menos agradáveis. Justificadamente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Celeste Resende
    14 mai, 2019 Oaz 23:36
    Realmente tenho ouvido os comentários de vários analistas ao jogos e fico a pensar será que só importa ajudar os grandes clubes não importa como pois nesta últimas jornadas foi um desastre mas ouvir a imprensa não faz mal pois noutras jornadas anteriores outros clubes foram se calhar favorecidos e então ta se bem se sr árbitro errou não faz mal mas pergunto e os adeptos d equipa adversária que fazem quilómetros para apoiar o seu clube não merecem respeito vou ver muitos jogos da segunda liga e digo que já vi de tudo árbitros treinadores que depois vão para a sic apelar pela verdade desportiva e no campo quase que batem nos apanha bolas por dar a rápido ao adversário por torno a repetir não há respeito pelos adeptos e vocês jornalista que alguns anos atrás ainda tinha um pouco de consideração principalmente da Renascença pois confiava nos vossos comentários pois eram um pouco mais discretos agora parecem todos bons meninos só olham para lado Portugal não é só Lisboa há muito mais
  • Adelino Dias Santos
    14 mai, 2019 Mealhada 15:25
    Neste caso, não se pode dizer que "mais vale tarde do que nunca", pois seja como for, agora é mesmo tarde de mais, pois ninguém espera que o Santa Clara vença o Benfica no Estádio da Luz e muito menos se espera que, qualquer que seja o árbitro, este possa de algum modo fazer esquecer o que se passou na jornada anterior.