Em Nome da Lei
O direito e as nossas vidas em debate. Sábado às 12h, com repetição domingo às 0h
A+ / A-
Arquivo
Em Nome da Lei - Mexer na lei da greve? - 04/05/2019
Em Nome da Lei - Mexer na lei da greve? - 04/05/2019

Em Nome da Lei

Mexer na lei da greve?

04 mai, 2019


Os protestos levados a cabo pelos novos sindicatos estão a alarmar as forças políticas. Mexer na lei da greve é solução? Ou agrava o problema? Participam Pedro Pardal Henriques do Sindical Nacional dos Motoristas de matérias perigosas, Lúcia Leite presidente da Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE), Sérgio Monte secretário geral adjunto da UGT e Luís Gonçalves da Silva, professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • digo eu
    04 mai, 2019 cá no burgo 18:08
    Mexer na Lei da Greve no sentido de a limitar, é deixar o Trabalho sem nada a perder e convidar à crispação e proliferação de sindicatos dispostos a greves selvagens e desobediência civil maciça, mandando a Lei às malvas. Uma vez sem nada a perder ... Sem contar que os partidos que subscreverem essas alterações perderão muito do seu eleitorado.