Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Alto risco

08 fev, 2019 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Favorito? O Futebol Clube do Porto, claro.

Sérgio Conceição sabe do que fala quando afirma que o jogo que a sua equipa vai disputar logo à noite em Moreira de Cónegos é de alto risco.

O Moreirense ocupa um honroso quinto lugar na classificação geral, tendo amealhado até agora 34 pontos, está a cinco pontos de distância do Sporting, que ocupa a quarta posição, e com dois pontos de avanço sobre o seu vizinho Vitória de Guimarães.

Olhando para outro ponto da estatística constata-se que a equipa sediada em Moreira de Cónegos tem a excelente média de 1,7 pontos conquistados ao longo das vinte jornadas já disputadas.

Mas o ponto mais alto da sua participação no presente campeonato, que fez correr rios de tinta quando no dealbar de Abril a ronda nove nos ofereceu aquele é considerado até esta altura como o escândalo maior da competição, isto é, a rotunda derrota sofrida pelo Benfica no seu próprio estádio frente à equipa superiormente comandada por Ivo Vieira.

Ou seja, um punhado de boas razões para as justificadas apreensões de Sérgio Conceição, acrescidas do facto de na próxima semana a sua equipa voltar à liça na Liga dos Campeões envolvendo uma deslocação a Roma onde vai fazer contas com a sempre imprevisível formação romana, não obstante esta se encontrar actualmente no sexto lugar do seu campeonato.

Do que parece não haver dúvidas é de que, apesar desse próximo compromisso portista, vamos ter esta noite um desafio de grande intensidade e que muito vir a influenciar o desenvolvimento da nossa principal competição interna.

Favorito? O Futebol Clube do Porto, claro.

Mas para confirmar terão os seus jogadores de “colocar toda a carne no assador”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.