Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Minorar os estragos

07 fev, 2019 • Opinião de Ribeiro Cristovão


É verdade que a equipa encarnada voltou a ganhar ao seu mais antigo adversário lisboeta, mas a história deste jogo teve poucos pontos de contacto com o de há três dias atrás.

Sentiu-se uma onda de pessimismo, nestes últimos dias, no seio da massa associativa do Sporting Clube de Portugal. A derrota frente ao Benfica, em Alvalade, no passado domingo, causou estragos de monta, pelo que um segundo desafio entre as mesmas duas equipas ajudava a criar esse estado de pouca bonança e a admitir que uma segunda derrota nas mesmas circunstâncias poderia vir a comprometer muitas coisas.

Afinal, não aconteceu nada disso.

É verdade que a equipa encarnada voltou a ganhar ao seu mais antigo adversário lisboeta, mas a história deste jogo teve poucos pontos de contacto com o de há três dias atrás.

Uma igualdade final, a acontecer, até nem ficaria como um ferrete desajustado da verdade do jogo, do qual o momento mais espectacular aconteceu quando, aos 82 minutos, Bruno Fernandes puxou do seu pé canhão e num livre a trinta metros da baliza obteve o golo que trouxe dúvidas quanto ao desfecho da eliminatória.

O Benfica não foi capaz de repetir a esplendorosa exibição de domingo, também porque teve pela frente uma equipa diferente, mais tratada defensivamente e a revelar que Marcel Keizer não deitou fora o livro de apontamentos de domingo passado.

Uma mão cheia de estreias, nem todas a deixar indicações suficientes de que o futuro leonino vai passar a navegar no mar da tranquilidade.

Mas, para já, e embora continue a haver motivos de preocupação, foram minorados os estragos.

Ver-se-à a seguir se o treinador holandês terá capacidade para perceber as mudanças, para lhes dar corpo e trazer de regresso o espírito que instalou em Alvalade após a sua chegada.

Uma nota final sobre uma questão, mais uma, com que os órgãos disciplinares presentearam os leões: Ristovsky, castigado (pelos vistos, injustamente com dois jogos, há mais de dez dias) só foi despenalizado três horas antes do derby de ontem.

Se fosse, aqui ao lado, em Espanha, seria motivo para dizer que não se deve acreditar em bruxas, mas que as há... há.

Artigos AnterioresRibeiro Cristovão
 

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • o croquete
    07 fev, 2019 Lisboa 11:29
    Mais uma derrota do presidente maravilha Varandas levado num andor pela CS registo do presidente Varandas este ano contra o SLB : 17 derrotas , 2 empates , 2 vitórias . Só esta semana futebol 2-4, 2- 1 , e volei 3-0 enfim o regresso em força dos tempos de Godinho Lopes a mediocridade em todo o seu esplendor .