Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Derby dos derbies

01 fev, 2019 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Dois embates marcam a jornada: no estádio José Alvalade, e no estádio do Fundador, na cidade de Guimarães.

Passando ao lado do mercado que fervilhou, ainda que de forma pouco intensa, nas últimas atentemos na jornada que se segue no nosso campeonato principal. E, convenhamos, com dois pontos muito altos, no estádio José Alvalade, e no estádio do Fundador, na cidade de Guimarães.

Ainda que a deslocação do Futebol Clube do Porto à cidade minhota assuma invulgar importância nesta altura, em boa verdade é, como sempre, o derby lisboeta que convoca todo o país para uma tarde de futebol que se deseja de qualidade e rodeado de muita tranquilidade.

Quanto ao embate nortenho, vale a pena recordar que na primeira volta, as duas equipas foram capazes de nos oferecer um espetáculo de elevada qualidade.

Os dragões chegaram a estar em vantagem com dois golos de diferença, mas, numa recuperação a todos os títulos sensacional os afonsinos acabaram por dar a volta vencendo, e assim construindo aquela que ainda agora se apresenta como uma das grandes surpresas do campeonato. Veremos, pois, o que duas equipas de qualidade, orientadas por técnicos qualificados, vão ser capazes de nos oferecer. E, como diria o “outro”, prognósticos só no fim.

Para o estádio José Alvalade está guardado o prato mais suculento do dia.

Sporting e Benfica desde sempre mostraram uma enorme tendência para contrariar a lógica, e não poucas têm sido as vezes em que a equipa que está a atravessar pior momento, é capaz de surpreender, superar-se a si própria, e superar o adversário.

Ainda que não estando no ponto ideal, o Benfica está a atravessar melhores momentos, uma verdade que não vale a pena escamotear. Na era Bruno Lage, são evidentes os proveitos alcançados, o contrário do que acontece do lado contrário, onde a era Keizer ainda se mantém longe da afirmação.

Os leões são, no entanto, os que mais necessitam de uma vitória nesta altura. A vitória na Taça da Liga, excelente conquista há que reconhecer, não se repercutiu no jogo com o Vitória de Setúbal, antes pelo contrário.

Daí aumentar a curiosidade em se saber que equipa teremos no domingo no palco leonino, e como vai ser gerida pelo seu atual técnico, cujas escolhas já começam a ser alvo de uma ruidosa contestação.

Seja como for, que venham os espetáculos. Pacíficos, de qualidade, com golos e, se, possível com vencedores justos.

Ah, é verdade e, já agora, se possível também, com boas arbitragens. Ou seja, uma boa malha, sem malheiros…

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 02 fev, 2019 11:04
    Os spoortinguistas"gostam muito de sentar o rabo no lugar dos outros"depois os vitorianos esticam o dedo e dizem! Aqui alagarto!!
  • o croquete
    01 fev, 2019 Lisboa 16:21
    O treinador dos croquetes vai de mal a pior por este andar não acaba a época enfim, um flop do golpista Varandas que já deu para ver com as aquisições de Janeiro que vai por o SCP a lutar para não descer de divisão já para o ano .