Conversas Cruzadas
Programa sobre a atualidade que passa ao domingo, das 12h00 às 13h00, com reposição à segunda-feira entre as 00h00 e a 01h00.
A+ / A-
Arquivo
Conversas Cruzadas - Aeroporto do Montijo - 13/01/2019
Conversas Cruzadas - Aeroporto do Montijo - 13/01/2019
Conversas Cruzadas

Aeroporto/Montijo: 30 anos de vida útil depois de meio século de indecisões?

13 jan, 2019 • José Bastos


Nuno Garoupa, Luís Aguiar-Conraria e Nuno Botelho analisam a atualidade da semana.

Está no papel. A ANA e o Governo assinaram um acordo para a construção de um novo aeroporto de Lisboa (N.A.L) no Montijo, consagrando finalmente a solução Portela+1, defendida por vários estudos, à frente dos quais a ACP de Nuno Botelho.

Com 29 milhões de passageiros/ano na Portela, deixou de haver espaço e tempo para prosseguir o debate que ameaçava eternizar-se: um aeroporto novo de raiz ou a expansão da Portela?

Mas o NAL é apenas solução para 20/30 anos depois de 50 anos de hesitações? É uma das questões para o Conversas Cruzadas onde também se passa em revista o que terá sido a “semana 1” da campanha eleitoral do Governo.

Senão vejamos: na segunda, no Marco de Canaveses anuncia 22 novos comboios na CP, na terça o acordo com a Vinci para o NAL, na Quarta, ampliação do Metro em Lisboa, na quinta PNI discutido no Conselho de Ministros e na Sexta apregoa os milhões do Plano Nacional de Investimentos 20/30 com obras "para séculos'.

Já no capítulo da política partidária a semana acaba dominada pelo desafio de Luís Montenegro a Rui Rio no PSD. Com o PSD em queda, o PS longe da maioria absoluta, o CDS a ultrapassar o Bloco, a Aliança com um início promissor, a leitura fria das sondagens ajuda a explicar o repto de Montenegro. Outra hipótese é a elaboração das listas de deputados para as legislativas já ao virar da esquina quando vem de longe o desconforto da bancada 'passista' com Rio.

Por último, mas não menos importante, que lugar para o PSD na reorganização e recomposição em curso no centro-direita?

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.