O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias. De segunda a sexta às 05h40, 14h30 e 21h10 com reposição ao fim-de-semana.
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Web Summit 2018 - 06/11/2018
O Mundo em Três Dimensões - Web Summit 2018 - 06/11/2018
O Mundo em Três Dimensões

Web Summit. Números que não param de supreender

06 nov, 2018 • André Rodrigues , Paulo Teixeira (sonorização)


Dos participantes ao tráfego de internet registado durante os dias do evento, passando pelo retorno económico, tem sido sempre a crescer desde a primeira edição.

Por estes dias vamos ouvir falar muito sobre Web Summit, sobre Paddy Cosgrave, sobre startups, empresas unicórnio e empreendedores. Estima-se que a maior feira global de tecnologia e empreendedorismo traga 70 mil pessoas de mais de 170 países até Lisboa. Para termos uma ideia da dimensão, é como se durante 4 dias, todo o concelho de Penafiel viesse parar ao Altice Arena.

De acordo com os dados mais recentes do INE, de 2015, Penafiel tem pouco mais de 70 mil habitantes. O que significa que a Web Summit terá um número de participantes equivalente ao número de residentes do 34.º município mais populoso do país.

Mas não é tudo. A edição deste ano vai ter mais de 20.000 empresas e mais de 1.000 'startups', mais de 1.000 investidores e outros tantos oradores e mais de 2.500 jornalistas.

E todos ligados à internet, como convém. Rede sem fios é coisa que não vai faltar. Ou, pelo menos, a organização não estará a contar com nenhum apagão e prevê que o wi-fi permita a presença simultânea de mais de 67 mil telemóveis, tablets ou computadores.

No ano passado, durante os dias do evento foram abertas mais de 2 milhões de sessões de internet sem fios. Era só routers e antenas a debitar sinal para 50 mil dispositivos.

Foram 45 terabytes de dados e mais de 70 quilómetros de cabo de fibra ótica para manter tudo ligado. Que é como quem diz ir de Lisboa até ao Cartaxo ou do Porto até Póvoa de Lanhoso em cabo de fibra ótica.

Mas tudo isto tem, naturalmente, um retorno e é mais positivo do que prejudicial.Os setores da hotelaria e restauração estimam um ganho a superar os 61 milhões de euros, que é apenas uma quinta parte dos 300 milhões de retorno total estimado para a edição deste ano.

Ora, tendo em conta que a curva dos ganhos tem sido sempre a subir desde a primeira edição da Web Summit, é legítimo dizer que - entre aquilo que o Estado vai investir anualmente até 2028 e os ganhos finais - estamos a falar de um retorno 30 vezes maior.

É bom para a economia, para o turismo, para os restaurantes, para os hotéis e para os transportes. Então e o ambiente? Nada é deixado ao acaso.

No ano passado, para além do uso de copos de plástico, dos postos de água por todo o recinto e de muitos outros cuidados, foram plantados 95 mil pinheiros na região centro para transformar dióxido de carbono em oxigénio durante, pelo menos, 35 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.