A+ / A-

Taxistas recebidos na Presidência da República às 19h00

22 set, 2018


Taxis estão em protesto há quatro dias.

As associações de taxistas vão ser recebidas, este sábado, às 19h00, pelo chefe da Casa Civil da Presidência da República, confirmou à agência Lusa uma fonte de Belém.

Os taxistas estão em protesto desde quarta-feira, com concentrações em Lisboa, Porto e Faro, contra a entrada em vigor, em 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte em veículos descaraterizados que operam em Portugal - Uber, Taxify, Cabify e Chauffeur Privé.

As duas estruturas que representam o setor dos táxis, reunidas em Lisboa, decidiram pedir uma audiência com caráter urgente ao Presidente da República e ao primeiro-ministro.

"Como o país não pára ao fim de semana, vamos enviar uma carta ao Presidente da República e outra ao primeiro-ministro, para sermos recebidos com caráter de urgência, hoje ou amanhã", afirmou à Lusa Florêncio Almeida, da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL).

O dirigente associativo adiantou que, a partir de segunda-feira, os taxistas vão "iniciar uma vigília à porta da residência oficial do primeiro-ministro", em São Bento.

Segundo Florêncio Almeida "estão atualmente paralisados em todo o país 3.000 motoristas de táxi", metade deles em Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.