Oração da Manhã
A+ / A-

Sábado, 22 de setembro de 2018

Isabel Figueiredo


Oração da Manhã - 22/09/2018
Oração da Manhã - 22/09/2018
“A fidelidade não é fácil, nem um dado adquirido.
É antes uma decisão que exige maturidade, que implica o exercício da vontade.
Uma vontade que tem de ser num primeiro momento, pessoal, quase intima.
Os passos da fidelidade podem conduzir à construção de relações longas e felizes.
Mas primeiro está sempre uma decisão pessoal.”
Fui à procura destas palavras,
perante as lágrimas sofridas de uma amiga.
Queria suavizar-lhe a dor, dar-lhe colo, dizer-lhe que tudo se vai resolver.
Mas sei que o Amor não se vive na solidão, mas na comunhão.
Que o Amor não cresce à solta como as ervas daninhas.
O Amor precisa de ser cuidado, querido, amado.
Nesta manhã de sábado, eu Te peço Jesus,
Por todos os que vivem situações dúbias, os que desistem da fidelidade,
os que não se decidem a honrar compromissos,
fáceis nas horas felizes, exigentes na monotonia dos dias.
E Te peço por todos os que sofridos e magoados,
se sentem de mãos vazias e nem se apercebem da Tua presença,
tão próxima, tão surpreendente, tão capaz de curar
e salvar todas as vidas.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.