Oração da Manhã
A+ / A-

Segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Teresa C.


Oração da Manhã - 17/09/2018
Oração da Manhã - 17/09/2018
Esta semana, reli as palavras de José Tolentino de Mendonça:
“A história, atravessada pelo dinamismo do Reino de Deus,
não se reduz a um monte de implacáveis cinzas. Estamos, sim, prometidos à Primavera”.
Todos os dias somos confrontados com tantas cinzas que nos parecem sufocar: a falta de dignidade de tantos,
o desânimo, a violência verbal que se torna quase banal, a repetição de escândalos …
É em momentos destes que precisamos de nos confrontar com a Tua Verdade:
não estamos reduzidos a cinzas, estamos sim prometidos à Primavera.
Tantas vezes é mais fácil ficarmos pelo desânimo,
pela ausência de novos caminhos,
pela crítica derrotada e derrotista…
Mas naquela manhã de domingo, o Teu sepulcro estava vazio.
E aí, está a nossa Primavera.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.