A+ / A-

Portugal perde mais de 250 quilómetros de ferrovia e 78 mil ligações de comboio desde 2010

26 ago, 2018


Diariamente realizou-se uma média de 1.358 comboios de passageiros.

Portugal tem pouco mais de 2.500 quilómetros de ferrovia em exploração, a maior parte dos quais em via única e eletrificada, de acordo com a Infraestruturas de Portugal (IP).

Em comparação com um balanço realizado pela Lusa em agosto de 2010, com base em dados da Refer -- Rede Ferroviária Nacional, em oito anos perderam-se 252,7 quilómetros (km) de via em exploração, mas há mais 207,2 km de via eletrificados, e atualmente realizam-se menos 112.068 comboios por ano (78.244 dos quais de transporte de passageiros).

De acordo com dados da IP, a rede ferroviária em exploração tem atualmente 2.536,1 km, 96 km dos quais em via estreita (1.000 milímetros de bitola) e 2.440,1 km em via larga (1.668 milímetros).

Do total em exploração, 1.925,6 km são em via única (uma única via nos dois sentidos, apenas permitindo a circulação de um comboio de cada vez), 562,8 km em via dupla e 47,7 em via múltipla, permitindo nestes dois casos a passagem simultânea de pelo menos um comboio em cada sentido.

Eletrificados estão mais de 1.656,6 km (dos quais 1.631,2 em 25 quilovolts e 25,4 km em 1.500 volts).

No ano passado, realizaram-se 610.632 comboios, dos quais 495.823 de passageiros e 114.809 de mercadorias (destes, 36.078 transportaram mercadorias e 78.731 foram comboios em marcha após o transporte de mercadorias).

Diariamente realizou-se uma média de 1.358,4 comboios de passageiros.

Com um total anual de 355.321 comboios, os suburbanos são a grande maioria destas composições e passam a uma média diária de 973,4 comboios, com uma frequência que diminui ao fim de semana.

No ano passado foram realizados 2.210 comboios internacionais, 24.713 de longo-curso (alfa e intercidades), 12.898 inter-regionais e 100.681 regionais.

Realizam-se ainda 114.809 comboios de mercadorias (uma média diária de 314,5), dos quais 36.078 de transporte de mercadorias e 78.731 comboios em marcha após transporte de mercadorias.

Foram transportadas mais de 10 milhões de toneladas de mercadorias.

Segundo um balanço realizado pela Lusa em agosto de 2010, junto da então Refer, há oito anos a rede ferroviária com exploração em Portugal era de 2.788,8 quilómetros.

Deste total de via explorada, 2.181,4 quilómetros (78,6%) eram ainda em via única e 607,4 km (21,4%) em vias duplas ou múltiplas.

Pouco mais de metade (51,4% ou 1.449,4 quilómetros) destas vias estavam eletrificadas.

Por dia, efetuavam-se em Portugal uma média de 1.980 comboios.

Na altura realizaram-se 402.067 suburbanos por ano, 130.536 regionais/ano, 15.533 inter-regionais/ano, 23.004 de longo curso/ano, 2.927 internacionais/ano (oito por dia, quando agora se realizam seis) e 131.268 de mercadorias/ano (englobando o transporte e as marchas após transporte de mercadorias).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.