A+ / A-

Comissão Arbitral reconhece justa causa a Patrício e Podence

20 jul, 2018


Decisão da CAP é apenas para efeitos desportivos.

A Comissão Arbitral Paritária reconheceu justa causa na rescisão unilateral de Rui Patrício e Podence com o Sporting para "efeitos desportivos", segundo avança o jornal "Record".

O reconhecimento serve "para efeitos meramente desportivos". Em termos laborais, o processo continua entregue à justiça portuguesa, e a decisão caberá ao Tribunal do Trabalho ou Tribunal Arbitral do Desporto.

Podence e Rui Patrício rescindiram unilateralmente com o Sporting, depois do ataque em Alcochete. O guarda-redes seguiu para a Premier League, e é jogador do Wolverhampton. Podence juntou-se a Pedro Martins e assinou pelo Olympiakos.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 20 jul, 2018 18:03
    CAP não tem competências