A+ / A-
Miguel Bento

Polémicas judiciais do Benfica ficam "à porta" da Gala Cosme Damião

21 mar, 2018 • José Pedro Pinto


Diretor de marketing dos encarnados adianta alguns pormenores sobre a gala que irá premiar os melhores atletas e equipas no ano de 2017 e assinalar o 114º aniversário do Benfica. Perspetiva de "noite de muito benfiquismo" e alheada do clima de suspeição que imputado ao emblema da Luz.

Os processos judiciais e o clima de suspeição no qual algumas figuras do Benfica estão envolvidos ficarão "à porta" do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, na noite desta quarta-feira.

A Gala Cosme Damião, que premeia atletas e equipas dos encarnados que mais se destacaram no ano de 2017 e que assinala, ainda, o 114º aniversário do emblema da Luz, será um momento de elevação benfiquista.

Quem o garante, a Bola Branca, "chutando" para canto todo o ambiente crispado que se faz sentir, é o diretor de marketing do Benfica, Miguel Bento. E a explicação é simples.

"Nós vivemos com o que temos de viver, firmes e hirtos atrás de um objetivo único. Mantemo-nos, dentro dos objetivos definidos e independentemente de tudo aquilo em que quiserem envolver o Benfica, firmes e hirtos à procura do pentacampeonato. É esse o nosso rumo. Mas isto envolve mais desafios. Não podemos esconder que é esse o maior desafio. Esta festa estará muito para além disso. Todos os assuntos colaterais que nos rodeiam ficarão à porta da festa", frisa o responsável encarnado.

Rui Vitória candidato a "treinador do ano", Jonas aponta ao "futebolista do ano", Rúben Dias espreita "prémio revelação"

2017 foi ano de tetracampeonato de futebol para os lados da Luz. Por isso, não surpreende que dois dos principais galardões devam ser angariados por elementos da equipa orientada por Rui Vitória e pelo próprio treinador.

Vitória é o principal candidato na corrida pelo troféu de "treinador do ano", ao passo que Jonas voltará a encabeçar a lista de pretendentes ao estatuto de "futebolista". Já o jovem Rúben Dias, que "explodiu" este ano, deverá recolher a distinção de "revelação".

"Será uma noite de muito benfiquismo", adianta Miguel Bento, recusando levantar a ponta do véu mas deixando a promessa de "surpresas".

"É um momento para enaltecermos todos os que mais se destacaram no último ano. Será uma grande festa, com uma particularidade: são os sócios do Benfica que nomeiam os vencedores. Os vencedores ficam no suspense marcado para a última hora. Mas posso adiantar que teremos surpresas", conclui o diretor de marketing do Benfica.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.