A+ / A-

Arrendar casa em Lisboa custa o dobro do resto do país

21 mar, 2018 • João Carlos Malta


O município de Lisboa apresentou o valor de renda mais elevado (9,62 euros/m2), quando a média nacional é de 4,39 euros.

Quem andar à procura de casa para arrendar em Lisboa vai pagar o dobro do que outra pessoa no resto do país. É o que revela o relatório do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgado esta quarta-feira.

Em 2017, o valor mediano das rendas de alojamentos familiares com novos contratos de arrendamento no país fixou-se em 4,39 euros por metro quadrado e os municípios que superaram aquele valor localizam-se maioritariamente na Área Metropolitana de Lisboa e no Algarve.

O município de Lisboa apresentou o valor de renda mais elevado (9,62 euros/m2) e com valores acima de 6,5 euros/m2 destacavam-se os municípios de Cascais (8,06 €/m2), Oeiras (7,84 euros/m2 ) e o Porto (6,77 euros/m2 ).

As sub-regiões NUTS III Área Metropolitana de Lisboa, Região Autónoma da Madeira, Algarve e Área Metropolitana do Porto registaram valores medianos das rendas por metro quadrado superiores ao valor nacional.

Segundo o mesmo relatório do INE, as áreas metropolitanas de Lisboa e Porto representavam, em conjunto, cerca de 51% do número total de novos contratos de arrendamento do país.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.