Tempo
|
Tópico:

ansiedade


  • Geração Z e a saúde mental. "Temos tempos de espera de consultas que chegam aos nove meses"

    Geração Z e a saúde mental. "Temos tempos de espera de consultas que chegam aos nove meses"

    06 abr, 2022 - 17:00

    São jovens e querem viver depressa, resultados imediatos. Porquê? Porque YOLO: "só se vive uma vez". Mas há três obstáculos: ansiedade, stress e precariedade. Acabaram enleados numa pandemia que os fez “reclusos” por algum tempo e assistem agora a um conflito na Europa que, não sendo deles, lhe tomam as dores. Por tudo isso, são cada vez mais os jovens a procurar apoio psicológico – para gerir os traumas dos últimos dois anos. A Ordem dos Psicólogos alerta que “a tendência se tem vindo a agravar", mas o SNS continua sem dar respostas.
  • Como investir no seu bem-estar? Há ferramentas que precisa conhecer

    Como investir no seu bem-estar? Há ferramentas que precisa conhecer

    16 fev, 2022 - 07:50

    Quando ouve falar em saúde mental afasta-se? E se lhe disser que a ansiedade é uma perturbação mental, e das mais frequentes em Portugal? Há tabus a quebrar.
  • Stress e preocupações. Atacá-los antes que nos ataquem

    Stress e preocupações. Atacá-los antes que nos ataquem

    16 ago, 2021 - 08:42

    Se, na maioria dos casos, a preocupação e a ansiedade têm soluções simples, sabemos também que podem conduzir a situações complexas. No limite, colapso físico e mental, mas também doenças como asma, problemas cardíacos e hipertensão. Mas este é um caminho que se pode evitar.
  • Pandemia. Ansiedade e depressão afeta mais as mulheres e jovens portugueses

    Pandemia. Ansiedade e depressão afeta mais as mulheres e jovens portugueses

    03 nov, 2020 - 12:25

    Universidades e politécnicos portugueses participam em estudo sobre o impacto da quarentena e isolamento na saúde mental. Dados revelam que as mulheres e os jovens são os mais afetados.
  • As sequelas psicológicas da Covid-19. “Há vizinhos a tentar impedir doentes já curados de entrar no elevador”

    Reportagem

    As sequelas psicológicas da Covid-19. “Há vizinhos a tentar impedir doentes já curados de entrar no elevador”

    09 out, 2020 - 08:02

    O novo coronavírus entra-nos primeiro no corpo, e pode ter uma estadia mais ou menos gravosa. Mas para muitos doentes, até recuperados, aloja-se na mente por muito mais tempo. Nas consultas de acompanhamento de pessoas já curadas da Covid-19, começam a aparecer cada vez mais queixas de sequelas psicológicas: a par das perturbações do sono, há pessoas a enfrentar episódios de stress pós-traumático e estados de ansiedade crescente, que em alguns casos acabam em depressões.