Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Afinal, autoagendamento arranca hoje apenas para maiores de 37 anos

21 jun, 2021 - 14:00 • Ricardo Vieira

A partir desta segunda-feira, quem tiver 37 ou mais anos poderá recorrer ao Portal do Autoagendamento, da Direção-Geral da Saúde (DGS), para marcar a vacina contra a Covid-19.

A+ / A-

Veja também:


O autoagendamento da vacina Covid-19 arranca esta segunda-feira para maiores de 37 anos e não de 35 como foi previsto no fim de semana, confirmou à Renascença fonte da "task force" do plano de vacinação.

A partir desta segunda-feira, quem tiver 37 ou mais anos poderá recorrer ao Portal do Autoagendamento, da Direção-Geral da Saúde (DGS), para marcar a vacina contra a Covid-19, garante a mesma fonte.

A hora para o início das marcações desta faixa etária ainda não é conhecida.

Uma fonte da "task force" do plano de vacinação tinha avançado, no sábado, que o autoagendamento da vacina contra a Covid-19 vai ficar disponível para pessoas com mais de 35 anos na segunda-feira, mas acabou por acontecer uma mudança de planos.

A abertura do autogendamento da vacina contra a Covid-19 para maiores de 37 vai acontecer menos de uma semana depois de, em 15 de junho, o serviço ter sido disponibilizado à população com mais de 40 anos.

O portal destinado ao autoagendamento entrou em funcionamento em 23 de abril, contemplando agora as pessoas acima dos 35 anos, depois de ter sido aberto para maiores de 40, 43, 45, 50, 55, 60 e 65 anos.

Até agora, foram administradas em Portugal mais de 7,2 milhões de vacinas contra a Covid-19.

Pelo menos, 25% da população portuguesa já tem a vacinação completa, o equivalente a mais de 2,5 milhões de pessoas.

Evolução da Covid em Portugal

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+