Tempo
|
A+ / A-

​Vaticano: Deficientes e cuidadores merecem atenção e apoio especial

15 jun, 2021 - 18:15 • Ana Lisboa

Mensagem da Academia Pontifícia para a Vida destaca a importância de aprender com os desafios da pandemia.

A+ / A-

O Vaticano apresentou esta terça-feira uma mensagem sobre o impacto da pandemia nas pessoas com deficiência e os seus cuidadores, apelando a uma maior atenção para esta população.

"As pessoas com deficiência e os seus cuidadores precisam e merecem de atenção e apoio especial, porque a pandemia afetou desproporcionalmente as suas vidas de forma negativa", sublinha a nota divulgada pela Academia Pontifícia para a Vida da Santa Sé.

Este organismo defende a necessidade de saber "apoiar as pessoas com deficiência com planos de cuidados antecipados e decisões de saúde em todos os momentos, inclusive durante pandemias".

O texto refere a importância de uma resposta para as "necessidades específicas" desta população, projetando soluções para novas situações de crise no futuro e considerando "as pessoas com deficiência e as suas famílias de maneira coordenada e integrada, em todas as especialidades médicas e outras".

A Academia Pontifícia para a Vida reconhece a importância de sistemas de saúde baseados na solidariedade e na "opção preferencial pelos pobres e vulneráveis".

O organismo da Santa Sé sublinha ainda necessidade de dar voz às pessoas com deficiência e aprender com elas. E acrescenta "as lições que as pessoas com deficiência nos podem ensinar, especialmente durante esta pandemia, são provocadoras. Elas desafiam-nos a adotar uma nova perspetiva sobre o significado da vida".

A mensagem apela ao fim do preconceito e desafia os católicos a construírem uma sociedade "onde ninguém fica sozinho para enfrentar os desafios da sobrevivência pessoal".

O documento deixa várias recomendações, pedindo prioridade para as pessoas com deficiência na vacinação contra a Covid-19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+