Tempo
|
A+ / A-

Mau tempo

Chuva intensa e granizo causam inundações e quedas de árvore em Vila Real

11 jun, 2021 - 21:18 • Lusa

Segundo a página do CDOS de Vila Real, registaram-se quedas de árvores em Medrões, concelho de Santa Marta de Penaguião, e Oura e Vidago, no concelho de Chaves.

A+ / A-

A chuva intensa e a queda de granizo causaram esta sexta-feira inundações em várias artérias da cidade de Vila Real, e afetaram também várias localidades daquele distrito, com inundações e quedas de árvore, adiantaram à Lusa fontes da proteção civil.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Vila Real, registaram-se em vários pontos do distrito, ao final da tarde, algumas inundações e quedas de árvore.

A zona mais afetada foi o concelho de Vila Real, mas a mesma fonte acrescentou que as inundações foram resolvidas rapidamente, à medida que a tempestade passou.

Segundo explicou à Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários de Cruz Branca de Vila Real, Orlando Matos, os principais congestionamentos resultaram em vias que estão a ser alvo de intervenções e que inundaram.

"Como ainda estão em construção, a súbita queda de água causou o arrastamento de materiais para a via", realçou.

E acrescentou que tiveram apenas registo de um despiste devido ao mau tempo, mas que não resultou em feridos.

Segundo a página do CDOS de Vila Real, registaram-se quedas de árvores em Medrões, concelho de Santa Marta de Penaguião, e Oura e Vidago, no concelho de Chaves.

Ainda segundo a mesma página, além do concelho de Vila Real registaram-se ainda inundações em localidades do concelho de Alijó e Santa Marta de Penaguião.

A página na rede social Facebook "Meteo Trás os Montes - Portugal" também registou a partilha por parte de seguidores da queda de granizo, chuva forte e trovoada em vários pontos do distrito de Vila Real.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+