Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Morreu Neno, antigo guarda-redes de Benfica, Vitória e da seleção

11 jun, 2021 - 00:40 • Redação

Neno morreu de doença súbita na sua residência. Tinha 59 anos.

A+ / A-

Neno, antigo guarda-redes de Benfica, Vitória de Guimarães e Vitória de Setúbal, morreu esta quinta-feira. O internacional português tinha 59 anos.

Adelino Augusto Graça Barbosa Barros, conhecido no mundo do futebol como Neno, morreu de doença súbita na sua casa, adianta o site "Guimarães Digital".

"É com profunda tristeza e coletivo sentimento de enorme pesar que o Vitória Sport Clube informa sobre o falecimento de Neno, histórica figura do clube e da cidade, que nos deixou na noite desta quinta-feira, aos 59 anos", refere o Vitória de Guimarães, numa nota de pesar publicada no site oficial do clube.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, também já lamentou a morte "tão precoce" do antigo internacional, uma "personalidade incontornável na história do futebol português".

Fernando Gomes, numa mensagem divulgada no site da FPF, recorda a "grande carreira" de Neno nos relvados, mas principalmente "o seu enorme valor humano".

"Personalidade tão generosa nos afetos, deixa um legado quase incomparável de cavalheirismo, simpatia, alegria e bondade. A toda a sua família, colegas e amigos, ao Vitória Sport Clube, clube que o Neno tanto dignificou, deixou os meus mais profundos pêsames", refere Fernando Gomes.

Neno nasceu em Cabo Verde a 27 de janeiro de 1962, mas acabou por representar a seleção portuguesa em nove ocasiões.

O guarda-redes terminou a carreira de jogador no Vitória de Guimarães, onde conquistou a Supertaça Cândido de Oliveira em 1988, e continuou ligado ao clube como dirigente.

"Carismático, afável e sempre disponível, Neno não foi apenas uma figura do Vitória, mas um ícone da cidade, conhecido de todos e que para todos tinha um gesto amigo e um sorriso verdadeiro", refere o clube vimaranense.


"A morte de Neno representa uma enorme perda coletiva, mas em especial para a sua família e amigos, a quem o Vitória manifesta as suas mais sentidas condolências", sublinha a nota de pesar.

Neno, o guarda-redes cantor

Neno começou por representar os seniores do Barreirense, na temporada 1981/82 e no ano seguinte foi contratado pelo Benfica, acabando por ser emprestado ao Barreirense e ao Vitória de Guimarães.

Regressou ao clube da Luz em 1985, onde fez duas temporadas e realizou seis partidas.

Seguiram-se três épocas em Setúbal e Guimarães, em que acabou por ser afirmar como titular.

Em 1990, novo regresso ao Benfica. Jogou cinco temporadas e realizou dezenas e dezenas de jogos na baliza encarnada.

Os últimos anos da carreira de Neno foram passados no Vitória de Guimarães, conquistando uma Supertaça e o coração dos adeptos do Vitória.

Além do futebol, a outra grande paixão de Neno era a música. Inspirado em Júlio Iglesias e Roberto Carlos, o guarda-redes lançou o disco "Neno Neno Neno", em 1996.

"A música sempre esteve presente em todos os balneários por onde passei, do Barreirense ao V. Guimarães, passando pelo Benfica ou V. Setúbal. Os meus colegas adoravam que eu cantasse. Imitava o Michael Jackson, o Julio Iglesias... Agora, é diferente. Há os telemóveis, os tablets... Na altura não havia isso e improvisávamos para nos divertirmos no balneário. Depois, fui convidado para cantar numa gala e para a televisão e as pessoas gostaram. E o bichinho ficou", disse Neno em entrevista ao jornal "O Jogo".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Edite Maria Oliveira
    11 jun, 2021 Lisboa 10:28
    Lamento profundamente a morte de um homem, jogador de futebol, muito bom cantor., extraordinariamente simpático para toda a gente, É mesmo muito de lamentar! Sentidos pêsames à família!

Destaques V+